Bibliografia temática

O site institucional do Grupo CRIDI é projetado para o navegador Mozilla Firefox. Caso o site apresente erros de visualização ou navegação, favor atualizar sua versão utilizando o link: Firefox (Versão 23.0 ou superior)

ANO PALAVRAS-CHAVE REFERÊNCIA
2017 ABPA,
POLÍTICAS DE PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL
ABPA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL. Plano Nacional de Preservação Audiovisual. Versão aprovada na Assembleia Geral Ordinária da ABPA, realizada durante a 11ª CINEOP, em 27/06/2016. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 12ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2017, p.114-119.
2015 MEMÓRIA, PATRIMÔNIO, REGIMES DE PATRIMONIALIZAÇÃO, DIREITO COLETIVO ABREU, Regina. Patrimonialização das diferenças e os novos sujeitos de direito coletivo no Brasil. In: TARDY, Cécile; DODEBEI, Vera. Memória e novos patrimônios. França, Brasil: OpenEdition Press, 2015. Disponível em: https://books.openedition.org/oep/868. Acesso em: 29jan.2019.
2012 ARQUIVOS AUDIOVISUAIS, PRESERVAÇÃO DIGITAIS DE FILMES ACADEMY OF MOTION PICTURE ARTS AND SCIENCES. O Dilema Digital: Questões estratégicas na guarda e no acesso a materiais cinematográficos digitais. Organizado por Milton R. Shefter e Andrew Maltz, 2007. Traduzido por Fernanda Paiva Guimarães. São Paulo: Cinemateca Brasileira, 2012. Disponível em: http://cinemateca.gov.br/sites/default/files/Dilema_Digital_1_PTBR.pdf . Acesso em: 21fev2018.
2015 ARQUIVOS AUDIOVISUAIS, PRESERVAÇÃO DIGITAIS DE FILMES ACADEMY OF MOTION PICTURE ARTS AND SCIENCES. O Dilema Digital 2: Perspectivas de cineastas independentes, documentaristas e Arquivos audiovisuais sem fins lucrativos. Organizado por Andrew Maltz e Milton R. Shefter, 2012. Traduzido por Millard Schisler, Osvaldo Emery e Patrícia de Filippi. São Paulo: Instituto Butantan, 2015. Disponível em: http://cinemateca.gov.br/sites/default/files/Dilema_Digital_2_PTBR.pdf . Acesso em: 21fev2018.
2011 PRESTOPRIME, PRESERVAÇÃO DIGITAL, ACESSO A CONTEÚDO AUDIOVISUAL ADDIS, Matthew J. et alii. Digital preservation of audiovisual files within PrestoPRIME. Disponível em: https://eprints.soton.ac.uk/273042/1/virtualgoods2011_submission_4.pdf . Acesso em: 30jan.2019.
2014 INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
MARXISMO,
TRABALHO,
LUTA DE CLASSES
AMORIM, Henrique. Tempo de Trabalho e Luta de Classes. In: MARQUES, Rodrigo M. et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014, p. 149-168.
2015 ECONOMIA POLÍTICA,
MARXISMO,
METODOLOGIA
AQUINO, John. Questão de Método na Introdução a Crítica da Economia Política de 1857 de Karl Marx.Revista Despierta, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, ano 02, n. 02, 2015, p. 39-54. Disponível em: http://redelp.net/revistas/index.php/rde/article/view/295/339 . Acesso em: 21fev2018.
2013 CONSCIÊNCIA, CINEMA, MANIPUILAÇÃO, MENTALIDADES ARANTES, José T. A manipulação das consciências pelo cinema. Agência FAPESP. 03set.2013. Disponível em: http://agencia.fapesp.br/a-manipulacao-das-consciencias-pelo-cinema/17809/ . Acesso em: 26jan.2019.
2003 CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO,
CIÊNCIAS SOCIAIS,
CIÊNCIA PÓS-MODERNA,
FUNDAMENTOS DA INFORMAÇÃO
ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. A ciência da informação como ciência social. Revista Ci. Inf., Brasília, v32, n.3, p.21-27, set./dez.2003. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/985/1026 . Acesso em: 21fev2018.
2014 INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
MARXISMO,
ARQUIVOLOGIA,
BIBLIOTECONOMIA,
MUSEOLOGIA,
CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. Pensamento marxista na arquivologia, na biblioteconomia, na museologia e na ciência da informação. In: MARQUES, Rodrigo M. et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014, p. 191-216.
2015 BELGIAN ROYAL INSTITUTE FOR CULTURAL HERITAGE. ORGANIZAÇÃO DE ACERVO FOTOGRÁFICO. FOTOGRAFIA. MEMÓRIA ARIJS, Hilke; DE ZUTTER, Elodie; REYNIERS, Jeroen. Here Comes the Sun. Digital Springtime for a Collection in Hibernation. Depth of Field, v.6, n.1, July, 2015. Disponível em: http://journal.depthoffield.eu/vol06/nr01/a01/en . Acesso em: 27jan.2019.
2016 POLÍTICA DE PRESERVAÇÃO DIGITAL,
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
ARQUIVO NACIONAL. AN Digital: Política de Preservação Digital. Versão 2, Dez.2016. Disponível em: http://www.siga.arquivonacional.gov.br/images/an_digital/and_politica_preservacao_digital_v2.pdf. Aceso em: 09ago2017.
2010 PRESERVAÇÃO DOCUMENTAL, GERENCIAMENTO DE RISCO, PATRIMÔNIO CULTURAL, CONSERVAÇÃO PREVENTIVA ARQUIVO NACIONAL. Entrevista com José Luiz Pedersoli. Acervo: revista do Arquivo Nacional, v.23, n.2, jul./dez., 2010, p.07-12. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/22/22. Acesso em: 04fev.2019.
2016 DIGITALIZAÇÃO, ACERVOS AUDIOVISUAIS, FILME, VÍDEO, BIBLIOTECA NACIONAL DE CHILE AZÓCAR, Pamela F. Anexo para protocolo de digitalización com respecto al material audiovisual (vídeo y fil) de la Biblioteca Nacional de Chile. Proyecto Arquivo Audiovisual, 2016.
1983 MEMÓRIA, SOCIEDADE BARBOSA, João Alexandre. Uma psicologia do oprimido. Prefácio. In: BOSI, Ecléa. Memória e Sociedade: Lembranças de velhos. São Paulo: T.A. Queiroz, 1979, reimpressão 1983, p.XI-XV.
2010 DIGITALIZAÇÃO DE FILMES BARNES, Heather; DAVENPORT, Tom; KNOBLOCK, Steve. Folkstreams guide to best practices in film digitization. IMLS/AFS, 20120. Disponível em: http://www.folkstreams.net/bpg/. Acesso em: 29jan.2019.
2018 AUDITORIA DIGITAL, OBSOLESCÊNCIA TECNOLÓGICA, PRESERVAÇÃO DIGITAL, REPOSITÓRIO DIGITAL BARROS, Diego B.S.; FERRER, Igor D.; MAIA, Cleusa M.S. Auditoria de repositórios digitais preserváveis. Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação – RICI, Brasília, v.11, n.1, p.300-313, jan./abr., 2018. Disponível em: http://periodicos.unb.br/ojs311/index.php/RICI/article/view/8572/7142. Acesso em: 29jan.2019.
1999 MEMÓRIA, MATÉRIA BERGSON, Henri. Matéria e memória: Ensaio sobre a relação do corpo com o espírito. São Paulo: Martins Fontes, 1999, 291p.
2015 GESTÃO DOCUMENTAL, ACESSO À INFORMAÇÃO, ARQUIVO PÚBLICO, POLÍTICA PÚBLICA BERNARDES, Ieda P. Gestão documental e direito de acesso: Interfaces. Acervo – Revista do Arquivo Nacional, Rio de Janeiro, v.28, n.2, p. 164-179, jul/dez 2015. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/616 . Acesso em: 21fev2018.
2010 PRESERVAÇÃO DIGITAL, LONGEVIDADE DIGITAL, ARQUIVOS, COOPERAÇÃO INTERNACIONAL BESSER, Howard. Longevidade digital. Acervo: revista do Arquivo Nacional, v.23, n.2, jul./dez., 2010, p.57-70. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/26/26. Acesso em: 04fev.2019.
2010 POLÍTICAS CULTURAIS, CINEMA, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, CINEMATECA BRASILEIRA, GOVERNO LULA BEZERRA, Laura. A preservação audiovisual no governo Lula. Disponível em: http://culturadigital.br/politicaculturalcasaderuibarbosa/files/2010/09/22-LAURA-BEZERRA.1.pdf Acesso em: 20jan.2019
2015 PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL BEZERRA, Laura. Preservação audiovisual no Brasil contemporâneo. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 10ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Uma década de preservação – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2015, p.80-82.
2007 MARXISMO,
MÉTODO,
MATERIALISMO,
CAPITALISMO
BIDET, Jacques. Notas sobre um Marx 50 anos depois de Merleau-Ponty e de Harold Rosenberg. In: NÓVOA, Jorge (Org.). Incontornável Marx. Salvador/São Paulo: EDUFBA/UNESP, 2007, p.399-405.
2013 ACERVO TELEVISIVO, MEMÓRIA, TELEVISÃO, CINEMATECAS BITTENCOURT, Carla. O Brasil faz pouco caso da sua memória audiovisual. Jornal A Tarde. Muito. Entrevista com Esther Hamburger. 07jul. 2013.
2016 DOCUMENTOS, DOCUMENTOS AUDIOVISUAIS, DOCUMENTOS ICONOGRÁFICOS, DOCUMENTOS SONOROS, DOCUMENTOS MUSICAIS BLANCO, Pablo S.; SIQUEIRA, Marcelo N.; VIEIRA, Thiago O. Ampliando a discussão em torno de documentos audiovisuais, iconográficos, sonoros e musicais. Salvador: EDUFBA, 2016.
2014 INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
MARXISMO,
TRABALHO,
PRODUÇÃO DE SOFTWARE
BOLAÑO, César; CASTRO FILHO, José G.C. Os limites à taylorização do trabalho na fase de concepção da produção de software. In: MARQUES, Rodrigo M. et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014, p. 115-134.
1983 MEMÓRIA, SOCIEDADE BOSI, Ecléa. A substância social da memória. In: ______. Memória e Sociedade: Lembranças de velhos. São Paulo: T.A. Queiroz, 1979, reimpressão 1983, p.329-399.
1983 MEMÓRIA, SOCIEDADE BOSI, Ecléa. Introdução. In: ______. Memória e Sociedade: Lembranças de velhos. São Paulo: T.A. Queiroz, 1979, reimpressão 1983, p.1-3.
1983 MEMÓRIA, SOCIEDADE, TRABALHO BOSI, Ecléa. Memória-sonho e memória-trabalho. In: ______. Memória e Sociedade: Lembranças de velhos. São Paulo: T.A. Queiroz, 1979, reimpressão 1983, p.5-29.
1983 MEMÓRIA, SOCIEDADE BOSI, Ecléa. Tempo de lembrar. In: ______. Memória e Sociedade: Lembranças de velhos. São Paulo: T.A. Queiroz, 1979, reimpressão 1983, p.31-49.
2015 HISTÓRIA, SOCIOLOGIA, DIALÉTICA BOURDIEU, Pierre; CHARTIER, Roger. O sociólogo e o historiador. Belo Horizonte: Ed. Autêntica, 2015, 134p.
2017 ARQUIVOLOGIA, ARQUIVOS DIGITAIS, PRESERVAÇÃO DIGITAL BOUNTOURI, Lina. Archives in the Digital Age: Standards, Policies and Tools. USA/UK: Elsevier/Chandos Publishing, 1st. edition, 2017, 109 p.
2017 PRESERVAÇÃO DIGITAL, CÂMARA DOS DEPUTADOS BRASIL. Câmara dos Deputados. ATO DA MESA Nº 48, de 16/07/2012. Institui a Política de Preservação Digital da Câmara dos Deputados. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/int/atomes/2012/atodamesa-48-16-julho-2012-773828-publicacaooriginal-137097-cd-mesa.html. Acesso em 19/05/2017. Ver também o ATO DA MESA Nº 146, DE 02/12/2014, que altera o art. 5° do Ato 48, em: http://www2.camara.leg.br/legin/int/atomes/2014/atodamesa-146-2-dezembro-2014-779657-publicacaooriginal-145521-cd-mesa.html. Acesso em 19/05/2017.
2017 POLÍTICA DE PRESERVAÇÃO, PRESERVAÇÃO ANALÓGICA, CÂMARA DOS DEPUTADOS, PRESERVAÇÃO DIGITAL, SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BRASIL. Câmara dos Deputados. ATO DA MESA Nº 49, de 16/07/2012. Institui a Política de Preservação dos Suportes Físicos dos Conteúdos Informacionais da Câmara dos Deputados. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/int/atomes/2012/atodamesa-49-16-julho-2012-773826-publicacaooriginal-137095-cd-mesa.html. Acesso em 19/05/2017.
2002 ARQUIVOS PÚBLICOS, ARQUIVOS PRIVADOS, POLÍTICA NACIONAL DE ARQUIVOS BRASIL. Decreto nº 4.073, de 03/01/2002. Regulamenta a Lei no 8.159, de 8 de janeiro de 1991, que dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/2002/D4073.htm . Acesso em: 20jan.2019.
2012 SEGURANÇA, SIGILO, LEGISLAÇÃO BRASIL. Decreto nº 7.845, de 14/11/2012. Regulamenta procedimentos para credenciamento de segurança e tratamento de informação classificada em qualquer grau de sigilo, e dispõe sobre o Núcleo de Segurança e Credenciamento. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/Decreto/D7845.htm. Acesso em: 20jan.2019.
2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO ELETRÔNICO,
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
BRASIL. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Decreto n. 8539, de 08/10/2015. Dispõe sobre o uso do meio eletrônico para a realização do processo administrativo no âmbito dos órgãos e das entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Decreto/D8539.htm. Acesso em: 15mai2017.
2018 INFRAESTRUTURA DIGITAL, ACESSO REMOTO, E-DIGITAL BRASIL. Decreto nº 9.319, de 21/03/2018. Disponível em:
https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/2018/decreto-9319-21-marco-2018-786355-publicacaooriginal-155087-pe.html . Institui o Sistema Nacional para a Transformação Digital e estabelece a estrutura de governança para a implantação da Estratégia Brasileira para a Transformação Digital. Acesso em: 20jan.2019.
1998 DIREITOS AUTORAIS BRASIL. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei n. 9.610, de 19/02/1998. Altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9610.htm. Acesso em 15mai2017.
2015 DOCUMENTOS SONOROS, PRESERVAÇÃO DE ÁUDIO BRESSAN, Federica; DE BENEDICTIS , Angela Ida. Philology in the Preservation of Audio Documents: Massive vs Customized Approach. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.72-73
2013 POLÍTICA DE PRESERVAÇÃO DIGITAL,
ESTRATÉGIA DE PRESERVAÇÃO DIGITAL,
GOVERNANÇA DE T.I.
BRITISH LIBRARY. Digital Preservation Strategy (2013-2016). Bristish Library, March 2013. Disponível em: https://www.bl.uk/aboutus/stratpolprog/collectioncare/digitalpreservation/strategy/BL_DigitalPreservationStrategy_2013-16-external.pdf . Acesso em: 21fev2018.
2013 PRESERVAÇÃO DIGITAL, GUIA DE PRESERVAÇÃO DIGITAL BROWN, Adrian. Practical digital preservation. A how-to guide for organizations of any size. Chicago: Neal-Schuman/ALA, 2013.
1977 METODOLOGIA, EPISTEMOLOGIA BRUYNE, P.; HERMAN, J.; SCHOUTHEETE, M. Dinâmica da pesquisa em ciências sociais: os pólos da prática metodológica. Rio de Janeiro, Francisco Alves, 1977, 252 p.
2014 RESTAURAÇÃO DE FILMES BUTRUCE, Débora. Relato case de restauração (Misérias e grandezas de São José do Rio Preto). In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 9ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2014, p.169-173.
2017 ARQUIVO AUDIOVISUAL, VÍDEO, ARQUIVAMENTO, ARMAZENAMENTO, PRESERVAÇÃO, ATIVISMO BYINGTON, Maria; DREER, Marco (coords.); CALADO, Igor; STOCK, E.; PARRA, A.; SILVA, Rubens R.G. Guia de Arquivamento de Vídeo para Ativistas. [s.l.]: ABPA/WITNESS, 2017. Versão para o português a partir de: GRACE, L.; NG, Y. Activists’ Guide to Archiving Video. New York: WITNESS / Creative Commons, 2017. Disponível em: https://portugues.witness.org/portfolio_page/guia-de-arquivamento-de-video-para-ativistas/.
2013 DOCUMENTAÇÃO AUDIOVISUAL, ARQUIVOS DE TELEVISÃO CALDERA-SERRANO, Jorge; ARRANZ-ESCACHA, Pilar. Documentación Audiovisual em Televisión. Barcelona: Editorial UOC (Colección El Profesional de la Información), 2013.
2013 INDEXAÇÃO AUTOMÁTICA, INFORMAÇÃO AUDIOVISUAL, RECONHECIMENTO DE ÁUDIO, RECONHECIMENTO DE VÍDEO, TELEVISÃO CALDERA-SERRANO, Jorge. Hacía la indización automática de documentos audiovisuales televisivos. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v.3, n.1, p.3-12, jan/jun, 2013. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/pgc/article/download/15251/9320. Acesso em: 20jan.2019
2013 ACERVO AUDIOVISUAL, REPOSITÓRIO AUDIOVISUAL, AUDITORIA INTERNA, GUIA DE IMPLANTAÇÃO, DOCUMENTO AUDIOVISUAL DIGITAL CALDERA SERRANO, Jorge. Metodologia para el análisis de repositorio institucional de coleciones audiovisuales digitales. Documentación de las Ciencias de la Información, v.36, p.209-219, 2013. Disponível em: http://revistas.ucm.es/index.php/DCIN/article/download/42109/41529 . Acesso em: 26jan.2019
2010 CONSERVAÇÃO PREVENTIVA, CAPACITAÇÃO, COOPERAÇÃO, COLABORAÇÃO CALLOL, Milagros V. Conservação preventiva para instituições cariocas que custodiam bens culturais. Acervo: revista do Arquivo Nacional, v.23, n.2, jul./dez., 2010, p.77-88. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/28/28. Acesso em: 04fev.2019.
2007 MARXISMO,
DIALÉTICA,
MATERIALISMO,
ARTE
CÂMARA, Antônio da Silva. Marx e Hegel: A contribuição da dialética para o estudo da arte. In: NÓVOA, Jorge (Org.). Incontornável Marx. Salvador/São Paulo: EDUFBA/UNESP, 2007, p.369-387.
2011 MEMÓRIA, IDENTIDADE CANDAU, Joël. Memória e Identidade. São Paulo: Contexto, 2011.
2007 POLÍTICAS PÚBLICAS, DIREITOS CIVIS CAPELLA, Ana C.N. Perspectivas teóricas sobre o processo de formulação de políticas públicas. In: HOCHMAN, Gilberto; ARRETCHE, Marta; MARQUES, Eduardo (Orgs.). Políticas públicas no Brasil. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2007, p.87-124.
2015 DOCUMENTAÇÃO AUDIOVISUAL, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL CARIDAD, Mercedes et alii. Documentación Audiovisual: Nuevas Tendencias en el entorno digital. Madrid: Editorial Sintesis, 2015.
2017 PRESERVAÇÃO DE VIDEO, AUDIOVISUAL, DIGITALIZAÇÃO, PRESERVAÇÃO DIGITAL CASEY, Mike. Encoding and Wrapper decisions and implementations for video preservation master files. White Paper. Indiana University, Media Digittization and Preservation Initiative (MDPI), 2017. Disponível em: https://mdpi.iu.edu/doc/MDPIwhitepaper.pdf. Acesso em: 29jan.2019.
1973 EPISTEMOLOGIA, METODOLOGIA, MATERIALISMO, DIALÉTICA CASTELLS, Manuel; IPOLA, Emílio. Prática epistemológica e ciências sociais. Porto; Edições Afrontamento, 1973.
2010 PRESERVAÇÃO DOCUMENTAL, CONSERVAÇÃO, RESTAURAÇÃOI, PATRIMÔNIO CULTURAL, HISTÓRIA CULTURAL CASTRO, Aloísio A.N. A preservação documental no Brasil: notas para uma reflexão histórica. Acervo: revista do Arquivo Nacional, v.23, n.2, jul./dez., 2010, p.31-46. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/24/24. Acesso em: 04fev.2019.
2016 AtoM,
ACESSO,
DIFUSÃO,
ICA-AtoM
CÉ, Graziella; FLORES, Daniel. O conceito e a aplicabilidade do ICA-AtoM (AtoM) como ferramenta de descrição e acesso do patrimônio documental arquivístico. Informatio, n.21 (2), 2016, p.88-100. Disponível em: http://informatio.eubca.edu.uy/ojs/index.php/Infor/article/view/186/274 . Acesso em: 21fev2018.
2016 CUSTOS DE DIGITALIZAÇÃO, AUDIOVISUAL CHANDLER, Rebecca. IASA Research Grant Report: a study on the changing prices of audiovisual digitization, 2006-2015. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 46, May, 2016, p.69-80.
1983 MEMÓRIA,
DIALÉTICA,
SOCIEDADE
CHAUÍ, Marilena de Souza. Os trabalhos da memória. Apresentação. In: BOSI, Ecléa. Memória e Sociedade: Lembranças de velhos. São Paulo: T.A. Queiroz, 1979, reimpressão 1983, p.XVII-XXXII.
2004 DIALÉTICA,
MATERIALISMO, MARXISMO
CHEPTULIN, Alexandre. A Dialética Materialista: Categorias e leis da dialética. São Paulo: Editora Alfa-Ômega, 2004, 354 p
2014 RESTAURAÇÃO DE FILMES CIVELLI, Patrícia. Relato case de restauração (O gigante). In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 9ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2014, p.175.
2006 PELÍCULAS CINEMATOGRÁFICAS, PRESERVAÇÃO DE FILMES, ARMAZENAMENTO, CONSERVAÇÃO DE FILMES, RESTAURAÇÃO FÍLMICA, CATALOGAÇÃO DE FILMES, CLASSIFICAÇÃO DE FILMES COELHO, Fernanda. Manual de manuseio de películas cinematográficas: procedimentos usados na Cinemateca Brasileira. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado; Cinemateca Brasileira, 2006.
2004 DOCUMENTO DIGITAL ARQUIVÍSTICO,
GESTÃO ARQUIVÍSTICA
CONARQ. Resolução n. 20, de 16/06/2004. Dispõe sobre a inserção dos documentos digitais em programas de gestão arquivística de documentos dos órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Arquivos. Disponível em: http://www.conarq.arquivonacional.gov.br/resolucoes-do-conarq/262-resolucao-n-20,-de-16-de-julho-de-2004.html. Acesso em: 09mar.2018.
2015 RDC-Arq,
REPOSITÓRIO DIGITAL CONFIÁVEL
CONARQ. Resolução n. 43, de 04/09/2015 (com o anexo “Diretrizes para implementação de repositórios arquivísticos digitais confiáveis – RDC-Arq”). Altera a redação da Resolução do CONARQ nº 39, de 29 de abril de 2014, que estabelece diretrizes para a implementação de repositórios digitais confiáveis para a transferência e recolhimento de documentos arquivísticos digitais para instituições arquivísticas dos órgãos e entidades integrantes do Sistema Nacional de Arquivos - SINAR. Disponível em: http://www.conarq.arquivonacional.gov.br/resolucoes-do-conarq/335-resolucao-n-43-de-04-de-setembro-de-2015.html. Acesso em 09mar.2018.
2017 CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, INFORMAÇÃO MAUDIODESCRITIVA, ACESSIBILIDADE, PROFISSIONAL DA INFORMAÇÃO, TECNOLOGIA ASSISTIVA CONCEIÇÃO, Tamires N. A tecnologia audiovisual através da informação audiodescritiva: uma perspectiva da Ciência da Informação. Dissertação. Mestrado em Ciência da Informação, Instituto de Ciência da Informação, Universidade Federal da Bahia, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/22999/1/Disserta%c3%a7%c3%a3o%20-%20Tamires%20Neves%20Concei%c3%a7%c3%a3o%20-%20PPGCI-UFBA%202017.pdf. Acesso em: 04fev.2019.
2011 TEORIA ANALÍTICO-SINTÉTICA FACETADA, ANÁLISE DE FACETAS, ANÁLISE FÍLMICA, IONDEXAÇÃO DE FILMES, INDÚSTRIA AUDIOVISUAL CORDEIRO, Rosa I.N.; LA BARRE, Kathryn. Análise de Facetas e Obra Fílmica. Informação & Informação, v.16, n.2, 2011. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/10562/9289 . Acesso em: 20jan.2019
2010 ANÁLISE DE FILMES, INDEXAÇÃO DE FILMES, ANÁLISE INDEXADORA CORDEIRO, Rosa Inês de Novais. A recepção do espectador de filmes: parâmetros para a análise indexadora? In: MANINI, Miriam Paula; MARQUES, Otacílio Guedes; MUNIZ, Nancy Muniz (orgs.). Imagem, Memória e Informação. Brasília: Ícone Editora e Gráfica, 2010, p.81-106.
2013 IMAGEM, FILME, PRINCÍPIOS DE ANÁLISE E INDEXAÇÃO, RECUPERAÇÃO DE IMAGENS E FILMES, FONTES DE INFORMAÇÃO VISUAL CORDEIRO, Rosa I.N. Análise de imagens e filmes: alguns princípios para sua indexação e recuperação. PontodeAcesso, Salvador, v.7, n.1, p.67-80, abr., 2013. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/download/8136/5808. Acesso em: 26jan.2019.
2014 MEMÓRIA, IDENTIDADE, POLÍTICA AUDIOVISUAL, CINEMATECAS CORREA JR., Fausto Douglas. Nos compassos da memória: notas sobre a identidade política das cinematecas. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 9ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2014, p.106-111.
2016 ARCHIVEMATICA COSTA, M.; MARTINEZ, N.; FLORES, D.; RODRIGUES, S.; NOVAIS, M. Guia do Usuário. Archivematica. Brasília: IBICT, 2016. Disponível em: Página do repositório: http://livroaberto.ibict.br/handle/123456789/1063; PDF: http://livroaberto.ibict.br/bitstream/123456789/1063/4/Manual-Archivematica.pdf. Acesso em: 20fev2017.
2017 MEMÓRIA, POLÍTICA DE PRESERVAÇÃO E CONSERVAÇÃO COUTAZ, Gilbert. La prévention, une exigence incontournable de la preservation. Memoriav Bulletin, n.24, p.14-15. Disponível em: http://memoriav.ch/wp-content/uploads/2017/10/Bulletin-24_Web.pdf . Aceso em: 24jan.2019.
2015 ARQUIVOLOGIA, ARQUIVISTAS COUTURE, Carol. A Arquivística, os Arquivistas e os Arquivos do Canadá. Acervo – Revista do Arquivo Nacional, Rio de Janeiro, v.28, n.2, p. 147-163, jul/dez 2015. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/613/648 . Acesso em: 21fev2018.
2006 METADADOS, TELEVISÃO, ACERVO TELEVISIVO, ORGANIZAÇÃO DE ACERVO TELEVISIVO COX, Mike; TADIC, Linda; MULDER, Ellen. Metadatos descriptivos para televisión. Burlington: Elsevier, 2006.
2017 CRIDI, INICIATIVA LEGATUM, REPOSITÓRIO LEGATUM CRIDI. Iniciativa Legatum. 2017. Disponível em: http://www.legatum.ufba.br/web/. Acesso em: 16dez.2017.
2014 ARQUIVOS AUDIOVISUAIS, PATRIMÔNIO CINEMATOGRÁFICO BRASILEIRO, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 9ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2014.
2015 ARQUIVOS AUDIOVISUAIS, PATRIMÔNIO CINEMATOGRÁFICO BRASILEIRO, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H.CINEOP – 10ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Uma década de Preservação - Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2015.
2016 ARQUIVOS AUDIOVISUAIS, PATRIMÔNIO CINEMATOGRÁFICO BRASILEIRO, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 11ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2016.
2017 ARQUIVOS AUDIOVISUAIS, PATRIMÔNIO CINEMATOGRÁFICO BRASILEIRO, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 12ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2017.
2009 PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, RESTAURAÇÃO AUDIOVISUAL DAMIÃO, Renato. A implicação das ações de preservação no processo de restauração fílmica. Centro Técnico Audiovisual - CTAV, 2009.
2014 INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
MARXISMO,
CAPITALISMO,
TRABALHO,
CIÊNCIA,
ARTE
DANTAS, Marcos. As rendas informacionais e a apropriação capitalista do trabalho científico e artístico. In: MARQUES, Rodrigo M. et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014, p. 35-60.
2015 MEMÓRIA, PATRIMÔNIO, REGIMES DE PATRIMONIALIZAÇÃO DAVALLON, Jean. Memória e patrimônio: por uma abordagem dos regimes de patrimonialização. In: TARDY, Cécile; DODEBEI, Vera. Memória e novos patrimônios. França, Brasil: OpenEdition Press, 2015. Disponível em: https://books.openedition.org/oep/866. Acesso em: 29jan.2019.
2014 PRESERVAÇÃO DIGITAL, PLANEJAMENTO DE PRESERVAÇÃO, CONTEXTOS INSTITUCIONAIS DE PRESERVAÇÃO DAY, Michael; MACDONALD, Ann; KIMURA, Akiko; PENNOCK, Maureen. Identifying Digital Preservation Requirements: Digital Preservation Strategy and Collection Profiling at the British Library. Proceeedings..., iPres 2014, p.219-227. Disponível em: http://www.ipres-conference.org/ipres14/sites/default/files/upload/iPres-Proceedings-final.pdf . Acesso em: 24jan.2019
2013 ARQUIVOS AUDIOVISUAIS, DOCUMENTAÇÃO CINEMATOGRÁFICA DE LA CUADRA, Elena. Documentación Cinematográfica. Roles y fuentes del documentalista en el cine. Barcelona: Editorial UOC (Colección El Profesional de la Información), 2013.
2015 SUPORTES AUDIOVISUAIS, DIGITALIZAÇÃO AUDIOVISUAL, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL DECLERCQ, Brecht; NIJMANS, Loes. What Do we do with AV-Carriers after Digitization? – Panel discussion. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.78-79.
2016 DIGITALIZAÇÃO, SUPORTES AUDIOVISUAIS, DESCARTE, GESTÃO DE ACERVOS, MIGRAÇÃO DECLERCQ, Brecht; NIJSMANS, Loes. What to do with audiovisual carriers after their digitisation? Proposal for a five-step decision
making framework. VIAA, [2016?]. Disponível em: https://viaa.be/files/attachments/.976/DECLERCQ_NIJSMANS_Carriers_after_digitization_FINALv2_1.pdf . Acesso em 27jan.2019.
2014 PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL, PLATAFORMAS COMPARTILHADAS, INICIATIVAS COOPERATIVAS DEGGELLER, Kurt. Establishing common plataformas for joint initiatives in the heritage field. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 42, Jan. 2014, p.7-14.
2017 INTEGRIDADE DE BIT, CHECAGEM DE FIXIDEZ, PRESERVAÇÃO DIGITAL DE STEFANO, P. et alii. Checking your digital content. NDSA FIxity Guidance Report [Final]. Disponível em: http://www.digitalpreservation.gov/documents/NDSA-Fixity-Guidance-Report-final100214.pdf . Acesso em 28ago2017.
2014 FIXIDEZ, CONTEÚDO DIGITAL, INSTRUMENTOS DE FIXIDEZ, ARMAZENAMENTO DIGITAL, PRESERVAÇÃO DIGITAL DE STEFANO, Paula et alii. Checking your digital contente: What is fixity, and when should I be cheking it? NDSA Report. Disponível em: http://www.digitalpreservation.gov/documents/NDSA-Fixity-Guidance-Report-final100214.pdf . Acesso em: 26jan.2019.
2002 FORMATO ABERTO, AUDIOVISUAL, MXF, PRESEVAÇÃO DIGITAL AUDIOVISUAL DEVLIN, Bruce. MXF – the Material eXchange Format. EBU Technical Review, July, 2002. Disponível em: https://tech.ebu.ch/docs/techreview/trev_291-devlin.pdf . Acesso em: 24jan.2019
2011 CULTURA DIGITAL,
DOCUMENTO,
CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO,
MEMÓRIA SOCIAL,
PATRIMÔNIO DIGITAL
DODEBEI, Vera Lucia D.L.M. Cultura Digital: novo sentido e significado de documento para a memória social?DataGramaZero, v.12, n.2, 11 pg., abr. 2011. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/_repositorio/2011/04/pdf_15b7c5a842_0016272.pdf . Acesso em 09mar.2018.
2010 INFORMAÇÃO,
MEMÓRIA,
CONHECIMENTO,
MÍDIAS,
CULTURA DIGITAL
DODEBEI, Vera Lucia D.L.M. Informação, memória e conhecimento: convergência de campos conceituais. IX Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação - ENANCIB, Rio de Janeiro, 25 a 28 out. 2010, 18p. Disponível em: http://enancib.ibict.br/index.php/enancib/xienancib/paper/viewFile/3617/2741 . Acesso em: 21fev2018.
2010 MEMÓRIA, CONHECIMENTO, INFORMAÇÃO DODEBEI, Vera Lucia D.L.M. Informação, memória e conhecimento: convergência de campos conceituais. IX Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação - ENANCIB, Rio de Janeiro, 25 a 28 out. 2010, 18p. Disponível em: http://enancib.ibict.br/index.php/enancib/xienancib/paper/viewFile/3617/2741 . Acesso em: 28jan.2019.
2015 MEMÓRIA, PATRIMÔNIO, MEMORAÇÃO, PATRIMONIALIZAÇÃO, INSTITUIÇÃO DODEBEI, Vera. Memoração e patrimonialização em três tempos: mito, razão e interação social. In: TARDY, Cécile; DODEBEI, Vera. Memória e novos patrimônios. França, Brasil: OpenEdition Press, 2015. Disponível em: https://books.openedition.org/oep/865 . Acesso em: 24jan.2019
1997 MEMÓRIA, MEMÓRIA SOCIAL, DOCUMENTO DODEBEI, Vera Lucia D.L.M. O sentido e o significado de documento para a memória social. Tese. Doutorado em Comunicação. Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1997.
2017 ACERVOS AUDIOVISUAIS, PRESERVAÇÃO, RESTAURAÇÃO, REFORMATAÇÃO, ACONDICIONAMENTO DREWES, Jeanne. Saving at-risk audiovisual materials: tips and resources for rehousing and reformatting old media. March, 2017. Disponível em: https://americanlibrariesmagazine.org/2017/03/01/saving-at-risk-audiovisual-materials/ . Acesso em: 24jan.2019.
2008 POLÍTICAS PÚBLICAS, INCLUSÃO SOCIAL, POLÍTICA EDUCACIONAL, INCLUSÃO DIGITAL, POLÍTICA GOVERNAMENTAL DURLI, Zenilde. Políticas Educacionais no contexto das políticas sociais. In: HETKOWSKI, Tânia M. Políticas públicas & inclusão digital. Salvador: EDUFBA, 2008, p.21-42. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ufba/202/1/Politicas%20publicas%20e%20inclusao%20digital.pdf . Acesso em: 04fev.2019.
2017 ARQUIVÍSTICA, ARQUIVO AUDIOVISUAL, FOLOSOFIA, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, GESTÃO DE ARQUIVOS, ARQUIVISTA EDMONDSON, Ray. Arquivística audiovisual: Filosofia e princípios. Brasília: Unesco, 2017. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf259256 . Acesso em: 03fev.2019.
2013 ARQUIVO, AUDIOVISUAL, ACERVO AUDIOVISUAL, FILOSOFIA, ARQUIVÍSTICA EDMONDSON, Ray. Filosofia e princípios da arquivística audiovisual. Rio de Janeiro: ABPA/Cinemateca-MAM-RJ, 2013.
1953 MARXISMO,
ECONOMIA POLÍTICA,
MÉTODO
ENGELS, F. A “Contribuição à Crítica da Economia Política” de Karl Marx. In: Karl Marx e Friedrich Engels – Obras Escolhidas – Vol.1. São Paulo: Alfa-Ômega, s.d, p.304-312.
1962 SOCIALISMO, DIALÉTICA MATERIALISTA, MARXISMO ENGELS, Friedrich. Do socialismo utópico ao socialismo científico. Rio de Janeiro: Vitória, 1962. Versão alternativa disponível em: https://www.marxists.org/portugues/marx/1880/socialismo/index.htm . Acesso em: 20jan.2019
--- PRESERVAÇÃO DIGITAL,
VÍDEO DIGITAL
ESCOBEDO, Killian. Digital Video Preservation: Saving the Almost Obsolete. 01 pg. Folha de orientação. School of Information, University of Michigan, s.d
2014 ÉTICA, LEGISLAÇÃO, DISSEMINAÇÃO, ACESSO REMOTO, ARQUIVO AUDIOVISUAL, FRANÇA FELLOUS-SIGRIST, Myriam et alii. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 42, January, 2014, p.61-69.
2014 ARQUIVOS AUDIOVISUAIS FELLOUS-SIVRIST, M.; GINOUVÉS, V. Legal and Ethical Issues Surrounding the Online Dissemination of Audiovisual Archives: Needs, Practices, and Solutions Developed in France. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 42, Jan.2014, p.61-69.
2016 MEMÓRIA, BERGSON, NIETZSCHE FERRAZ, Maria C.F. Memória e esquecimento no final do século XIX: Bergson e Nietzsche. In: NEGREUROS, C.; OLIVEIRA, F.; GENS, R. (Org.). Belle Époque: crítica, arte e cultura. Rio de Janeiro/Saõ Paulo: Labelle/Intermeios, Faperj, 2016, p. 17-34.
2008 POLÍTICAS PÚBLICAS, INCLUSÃO SOCIAL, POLÍTICA EDUCACIONAL, INCLUSÃO DIGITAL, POLÍTICA GOVERNAMENTAL FIALHO, Nadia H.; NOVAES, Ivan L. Sistemas de ensino e inclusão social: o papel das redes de cooperação e de aprendizagem. In: HETKOWSKI, Tânia M. Políticas públicas & inclusão digital. Salvador: EDUFBA, 2008, p.105-124. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ufba/202/1/Politicas%20publicas%20e%20inclusao%20digital.pdf . Acesso em: 04fev.2019.
2014 PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, FORMATOS DE PRESERVAÇÃO FLEISCHHAUER, Carl. An update on AS-07: MXF application specification for moving image archiving and preservation. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 42, Jan. 2014, p.37-45
2016 MEMÓRIA FONTCUBERTA, Joan; PARR, Martin. Dança Sélfica. Zum Revista de Fotografia, Instituto Moreira Sales, Rio de Janeiro, n.11, p.52-63, 2016.
2009 DIGITALIZAÇÃO, PELÍCULA, TEORIA ARQUIVÍSTICA, EPISTEMOLOGIA, FILME FOSSATI, Giovanna. From grain to pixel: the archival life of film transition. Amsterdam: AUP, 2009.
2017 CINEMATECA SUÍÇA, CONSERVAÇÃO DE PELÍCULAS, PREVENÇÃO, PRESERVAÇÃO DIGITAL FOURNIER, Caroline. Double enjeu. Memoriav Bulletin, n.24, p.16-18. Disponível em: http://memoriav.ch/wp-content/uploads/2017/10/Bulletin-24_Web.pdf . Aceso em: 24jan.2019.
2016 MEMÓRIA FRANCFORT, Elmo. Os desafios de preservar a memória da TV. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 11ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2016, p.83-87.
2008 PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, ARQUIVOS AUDIOVISUAIS FREIRE, Rafael de L. Acervos documentais de arquivos audiovisuais: desafios e propostas. Preservação audiovisual. Blog. Nov., 2008. Disponível em: http://preservacaoaudiovisual.blogspot.com/2008/11/acervos-documentais-de-arquivos.html . Acesso em: 24jan.2019.
2010 CINEMA, CONSERVAÇÃO, FILME, PELÍCULA, DEGRADAÇÃO, DIAGNÓSTICO, PRESERVAÇÃO FREITAS, Jussara V. Laboratório Cinema e Conservação: conservação preventiva e gerenciamento da informação. Dissertação. Mestrado em Artes, Escola de Belas Artes, Universidade Federal de Minas Gerais, 2010.
2014 NORMAS TÉCNICAS, ARQUIVOS, DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS, GESTÃO ARQUIVÍSTICA FREIXO, Aurora L.; TOUTAIN, Lídia B. Normas para gestão de documentos arquivísticos. UFBA: Comissão Permanente de Arquivo. Salvador: UFBA, 2014. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/15762/1/normas-para-gestao-de-documentos-arquivisticos.pdf . Acesso em: 26jan.2019.
2012 PATRIMÔNIO DIGITAL, DOCUMENTO, ARQUIVO, MEMÓRIA, REDE FREY, Valentine; TRELEANI, Matteo. Les sciences humaines questionnent le patrimoine. Annalles..., Sciences humaines et patrimoine numérique, Journée d’etudes doctorale, 25nov.2010, INA/Université Paris Diderot. Disponível em: http://orbilu.uni.lu/bitstream/10993/20073/1/2256-libre.pdf. Acesso em: 26jan.2019.
1989 DIALÉTICA, MATERIALISMO, EPISTEMOLOGIA FRIGOTO, G. “O enfoque da dialética materialista histórica na pesquisa educacional”. In: Fazenda, I. (Org.). Metodologia da pesquisa educacional. São Paulo, Cortez, 1989, p. 69-90.
2010 CIÊNCIA, CONSERVAÇÃO PREVENTIVA, CONSERVAÇÃO, RSTAURAÇÃO FRONER, Yacy-Ara. Conservação e Restauração: a legitimação de uma ciência. Acervo: revista do Arquivo Nacional, v.23, n.2, jul./dez., 2010, p.47-56. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/25/25. Acesso em: 04fev.2019.
2014 INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
MARXISMO,
MOVIMENTOS SOCIAIS
FROTA, Maria G.C. Movimentos sociais contemporâneos sob as lentes do marxismo. In: MARQUES, Rodrigo M. et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014, p. 169- 190.
2016 PRESERVAÇÃO ANALÓGICA AUDIOVISUAL, PRESERVAÇÃO DIGITAL AUDIOVISUAL GABLER, Sebastian. Quality Management for Preservation of Analogue and Digital Video Tape. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 46, Mai.2016, p.50-57.
1989 DIALÉTICA, MATERIALISMO, EPISTEMOLOGIA GAMBOA, S. A dialética na pesquisa em educação: elementos de contexto. In: Fazenda, I. (Org.). Metodologia da pesquisa educacional. São Paulo, Cortez, 1989, p. 91-115.
2016 DIGITALIZAÇÃO, ACERVOS SONOROS, AUDIO, BIBLIOTECA NACIONAL DE CHILE GARCÊS, Jeannette. Anexo para protocolo de digitalización de soportes de audio de la Biblioteca Nacional de Chile. Proyecto Arquivo Audiovisual, 2016.
2014 FILMOTECA, ARQUIVO FÍLMICO, PATRIMÔNIO FÍLMICO, CINEMA DIGITAL, ACESSO GARCÍA-CASADO, Pablo; ALBERICH-PASCUAL, Jordi. Filmotecas em la encrucijada. Función y expansión de la actividad filmotecaria en el nuevo escenário digital. El Profesional de la Información, v.23, n.1, enero-febrero, 2014, p.59-64. Disponível em: http://www.elprofesionaldelainformacion.com/contenidos/2014/enero/07.pdf . Acesso em: 03fev.2019.
2015 ARQUIVOS AUDIOVISUAIS, ARQUIVOS DE TELEVISÃO GERVASIO, Ariane. Audiovisual Archives in a University: The case of TV UFMG. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.80-81.
2008 MEMÓRIA GIROUX, Henry A. Memória/Esperança. In: STRECK, Danilo R.; REDIN, Euclides; ZITKOSKI, Jaime J (orgs.). Dicionário Paulo Freire. Belo Horizonte: Autêntica, 2008, p. 260-263.
2010 REPOSITÓRIO INSTITUCIONAL, GESTÃO DO CONHECIMENTO GOMES, Maria J.; ROSA, Flávia. Repositórios institucionais: Democratizando o acesso ao conhecimento. Salvador: EDUFBA, 2010. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/616/3/Repositorios%20institucionais.pdf . Acesso em: 04 fev.2019.
2016 GESTÃO ARQUIVÍSTICA AUDIOVISUAL,
POLÍTICAS PÚBLICAS,
PATRIMÔNIO CULTURAL,
PROPRIEDADE INTELECTUAL,
DIREITO AUTORAL,
PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL,
PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL,
DEPÓSITO LEGAL AUDIOVISUAL,
PRODUÇÃO AUDIOVISUAL
GOMES, Yuri Queiroz. A gestão arquivística de audiovisuais e as políticas públicas nacionais. Texto relativo à palestra apresentada no II Seminário Aberto do Grupo de Pesquisa Imagem, Memória e Informação, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Faculdade de Ciência da Informação da Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
2014 METADADOS AUDIOVISUAIS, PRESERVAÇÃO DIGITAL GOUGH, John. Creating Metadata Best Practices for Digital A/V Resources. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 43, Jul.2014, p.9-18.
2017 ARQUIVOS AUDIOVISUAIS, PRESERVAÇÃO DIGITAL AUDIOVISUAL GRACE, L. & NG, Y. Guia de Arquivamento de Vídeo para Ativistas. s.l.: ABPA/WITNESS, 2017. Disponível em: http://www.mediafire.com/file/ii7955a1i31cg75/PORT_Guia_para_ativistas_2017.pdf. Acesso em: 21fev2018.
2005 LEGISLAÇÃO, DIPLOMÁTICA, DOCUMENTO ELETRÔNICO GUIMARÃES, José A.C.; NASCIMENTO, Lúcia M.B.; FURLANETO NETO, Mário. Aspectos jurídicos e diplomáticos dos documentos eletrônicos. São Paulo: AASP, 2005.
2011 PRESERVAÇÃO DIGITAL, INICIATIVAS, COOPERAÇÃO, COLABORAÇÃO HARVEY, Douglas R. Preserving digital materials. Germany: De Gruyter, 2011.
2015 PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL HEFFNER, Hernani. 10 anos de preservação audiovisual no Brasil. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 10ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Uma década de preservação – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2015, p.77-79.
2014 MEMÓRIA, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL HEFFNER, Hernani. Enfrentar o passado. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 9ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2014, p.80-81.
2016 MEMÓRIA, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, ARQUIVOS DE TELEVISÃO HEFFNER, Hernani. Esquecemos a televisão. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 11ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2016, p.80-82.
2014 MEMÓRIA, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, ARQUIVOS AUDIOVISUAIS HEFFNER, Hernani. Formação de redes. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 9ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2014, p.82-87.
2017 PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL HEFFNER, Hernani. O navio e [o] futuro abstrato. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 12ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2017, p.111-112.
2014 PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL HEFFNER, Hernani. Uma nova geração de preservadores audiovisuais. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 9ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2014, p.113-114.
2016 PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL HEFFNER, H.; D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. Reflexões sobre a Preservação Audiovisual: 2006-2015 – 10 Anos da CINEOP, Mostra de Cinema de Ouro Preto. Belo Horizonte: Universo, 2016.
2014 INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
MARXISMO,
TRABALHO,
CAPITALISMO,
VALOR
HERSCOVICI, Alain. Trabalho, capital intangível e historicidade do valor: uma tentativa de defi nição do capitalismo imaterial. In: MARQUES, Rodrigo M. et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014, p. 77-98.
2013 ARQUIVOS AUDIOVISUAIS, ARQUIVOS D TELEVISÃO, LEGISLAÇÃO, ACESSIBILIDADE HIDALGO GOYANES, Paloma. Prevenir la amnesia colectiva: El acceso público a los archivos de televisión. Documentaciion de las Ciencias de la Información, v.36, 2013, p.143-166. Disponível em: http://revistas.ucm.es/index.php/DCIN/article/viewFile/42946/40764. Acesso em: 30jan.2019.
2014 DOCUMENTAÇÃO AUDIOVISUAL, ARQUIVO AUDIOVISUAL, PELÍCULA, VÍDEO, DIREITO AUDIOVISUAL, DIREITO DE PROPRIEDADE, DIREITO DE AUTOR, COPYRIGHT, LEGISLAÇÃO, TELEVISÃO HIDALGO-GOYANES, Paloma; LÓPEZ-DE-SOLÍS, Iris. Reutilización de imágenes de archivo en televisión: Derechos de propiedad y de uso. El Profesional de la Información, v.23, n.1, enero-febrero, 2014, p.65-71. Disponível em: http://www.elprofesionaldelainformacion.com/contenidos/2014/enero/08.pdf . Acesso em: 03fev.2019.
2000 DOCUMENTO, INFORMAÇÃO, MEMÓRIA, INSTITUIÇÃO, CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO HJORLAND, Birger. Documents, memory institutions and information Science. Journal of Documentation, v.56, n.1, p.27-41, January, 2000. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/235287518_Documents_memory_institutions_and_information_science . Aceso em: 24jan.2019
2003 PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, FILMES, ARQUIVO NACIONAL HOLLÓS, Adriana C. A preservação de filmes no Arquivo Nacional. Revista Acervo. V.16, n.1, p.103-110, jan/jul, 2003. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/138/138 . Acesso em: 20jan.2019
2010 PRESERVAÇÃO DOCUMENTAL, INFORMAÇÃO ARQUIVÍSTICA, RESTAURAÇÃO, CONSERVAÇÃO HOLLÓS, Adriana C. Fundamentos da preservação documental no Brasil. Acervo: revista do Arquivo Nacional, v.23, n.2, jul./dez., 2010, p.13-32. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/23/23. Acesso em: 04fev.2019.
2007 PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, CURRÍCULO, EDUCAÇÃO, FORMAÇÃO HOLLÓS, Adriana C. ; SILVA, Rubens R.G. Toward a Curricular Structure (versão também em português: Preservação Audiovisual: Uma breve reflexão para uma estruturação curricular). SOIMA in Practice. ICCROM-SOIMA, 2007. Disponível em: http://soima.iccrom.org/brazil-education/. Acesso em: 20jan.2019
2018 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, BRASIL; DOCUMENTOS AQRUIVÍSTICOS DIGITAIS, GESTÃO DOCUMENTAL LEGISLAÇÃO PRESERVAÇÃO DIGITAL HOTT, Daniela F.M.; CRUZ-RIASCOS, Sonia A. Preservação digital de documentos arquivísticos e o Projeto de Lei 7.920/2017 sob a ótica da Ciência da Informação. Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação – RICI, Brasília, v.11, n.1, p.274-279, jan./abr., 2018. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/RICI/article/view/8571/7141. Acesso em: 29jan.2019.
2018 ARCHIVEMATICA, ISLANDORA, ARCHIDORA, SISTEMA DE GERENCIAMENTO DIGITAL, PRESERVAÇÃO DIGITAL HUTCHINSON, Tim. Archidora: Integrating Archivematica and Islandora. Code{4}lib Journal, n.39, 2018. Disponível em: https://journal.code4lib.org/articles/13150 . Acesso em: 26jan.2019.
2018 VÍDEO, SUPORTES DE VÍDEO, FORMATOS DE VÍDEO, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, EXTRAÇÃO DE SINAL DE VÍDEO, DIGITALIZAÇÃO DE VÍDEO IASA. IASA TC 06 – Guidelines for the preservation of vídeo recordings. Version for comment. IASA, Technical Committee, Standards, Recommended Practices, and Strategies, 2018. Disponível em: https://www.iasa-web.org/tc06/guidelines-preservation-video-recordings . Acesso em: 29jan.2019.
2014 POLÍTICAS DE PRESERVAÇÃO IBRAM – INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS. Guia para a elaboração de políticas de preservação para acervos arquivísticos e bibliográficos. Brasília, DF: IBRAM, 2014.
2017 INTERPARES,
ARMAZENAMENTO EM NUVENS
INTERPARES TRUST PROJECT. Lista de verificación para contratos de servícios en la nube – Versión final. Disponível em: https://interparestrust.org/assets/public/dissemination/ABAITRUSTNA14_FINAL_checklist_julio-29_2016TRAD.AB_.pdf. Aceso em: 29052017.
2014 FORMATOS DE PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL JACQUEMIN, Nicole. Long-Term Asset Storage Archive and Preservation with AXF. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 42, Jan.2014, p.46-53.
2017 ARMAZENAMENTO DIGITAL, ARQUIVAMENTO DIGITAL, VÍDEO, FILME, ACERVO AUDIOVISUAL JARCZYK, Agathe; KROMER, Reto; PFLUGER, David. L’archivage numérique ds films et vidéos: Fondements et Orientations. Recommandations Memoriav. Version 1.1, Sep., 2017. Disponível em: http://memoriav.ch/wp-content/uploads/2017/09/Empfehlungen_Digitale-Archivierung_Version1.1_FR.pdf. Acesso em: 29jan.2019.
2015 CURRÍCULO PARA AUDIOVISUAL JIMENEZ, Mona. Adapting University Curricula in a Digital and Globally Networked World. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.121-122.
2017 REPRESENTAÇÃO INTERSEMIÓTICA, SEMIÓTICA, REPRODUTIBILIDADE, IMAGEM, RESSIGNIFICAÇÃO IMAGÉTICA JORENTE, Maria J.V.; LEMOS, Joana G.; OLIVEIRA, João A.D.B. Representação intersemiótica, reprodutibilidade e ressignificação imagética. In: ALBUQUERQUE, Ana C.; SIMIONATO, Ana C. Recursos audiovisuais: sua contemporaneidade na organização e representação da informação e do conhecimento. Rio de Janeiro: Interciência, 2017, p.57-76.
2010 MEMÓRIA, USABILIDADE KAFURE, Ivette. Imagem, usabilidade e emoção. In: MANINI, Miriam Paula; MARQUES, Otacílio Guedes; MUNIZ, Nancy Muniz (orgs.). Imagem, Memória e Informação. Brasília: Ícone Editora e Gráfica, 2010, p.33-50.
2016 DIREITO AUTORAL, ARQUIVOS AUDIOVISUAIS KAMP, Claudy Op den. Too Good to be Forgotten: The Copyright Dichotomy and Public-Sector Audiovisual Archive. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 46, Mai.2016, p.33-41.
2018 ARQUIVOS AUDIOVISUAIS, ARQUIVISTAS AUDIOVISUAIS, PATRIMÔNIO CULTURAL, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL KAUFMAN, Peter B. Towards a New Audiovisual Think Tank for Audiovisual Archivists and Cultural Heritage Professionals. A White Paper aiming at fostering conversations in the audiovisual archiving and cultural heritage communities about the challenges they face. Netherlands Institute for Sound and Vision, 2018. Disponível em: http://publications.beeldengeluid.nl/pub/574/TowardsANewThinkTankForAudiovisualArchivistsAndCulturalHeritageProfessionals_SoundAndVision_Jan2018.pdf . Acesso em: 29jan.2019.
2016 PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL KOCK, Grace. Legacy Collections, their Value and their Accessibility. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 46, Mai.2016, p.13-21.
2017 MEMÓRIA,
ARTE MEMORIAL
KUSSLER, Leonardo M.; ROHDEN, Luiz. As diferentes tomadas do conceito de memória em Paul Ricoeur. X Salão de Iniciação Científica PUC-RS, 03 pg., 2009. Disponível em: http://www.pucrs.br/edipucrs/XSalaoIC/Ciencias_Humanas/Filosofia/70455-LEONARDOMARQUESKUSSLER.pdf . Acesso em: 30jul2017.
2015 DIGITALIZAÇÃO AUDIOVISUAL, PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL KWIATEK, Filip. From Analogue Collection to Multifunctional Access. Nina’s Role in Digitization of Audiovisual Heritage in Poland. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.88.
2012 CINEMA, AUDIOVISUAL, SUPORTE AUDIOVISUAL, OBSOLESCÊNCIA, DIGITALIZAÇÃO, MEMÓRIA, PRESERVAÇÃO, RESTAURAÇÃO LA CARRETA, Marcelo. Prossumidores nostálgicos: Reflexões sobre a obsolescência das mídias audiovisuais. Tese. Doutorado em Artes Visuais, Escola de Belas Artes, Universidade Federal de Minas Gerais, 2012. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/BUOS-9C4JD4/tese_final_web.pdf?sequence=1. Acesso em: 04fev.2019.
2015 PRESERVAÇÃO DIGITAL, DIGITALIZAÇÃO AUDIOVISUAL LACINAK, Chris. The Cost of Inaction. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.60-61.
2014 DIGITALIZAÇÃO AUDIOVISUAL LACINAK, Chris. The Cost of Inaction: a New Model and Application for Quantifying the Financial and Intellectual Implications of Decisions Regarding Digitization of Physical Audiovisual Media Holdings. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 43, Jul.2014, p.9-18.
2016 REPOSITÓRIO DIGITAL, DSPACE, ARCHIVEMATICA, DOCUMENTO ARQUIVÍSTICO DIGITAL LAMPERT, Sérgio R. Os repositórios DSpace e Archivematica para documentos arquivísticos digitais. Acervo, Rio de Janeiro, v.29, n.2, p.143-154, jul./dez., 2016. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/718/734. Aceso em: 26jan.2019.
1982 MEMÓRIA LE GOFF, Jacques. Memória. In: ______. História e memória. Memória, v.II. Lisboa: Edições 70, 1982, p.9-59.
2017 PRESERVAÇÃO DIGITAL DISTRIBUÍDA, GESTÃO DE OBJETOS DIGITAIS, OAIS LEIJA ROMÁN, David A.; TÉRMENS GRAELLS, Miquel. Preservación digital distribuida: lecciones de experiencias internacionales. BiD: textos universitaris de biblioteconomia i documentació, desembre, n. 39, 2017. Disponível em: http://bid.ub.edu/pdf/39/es/leija.pdf . Acesso em: 24jan.2019
2016 SURREALISMO, MÁSCARA, CINEMA, FOTOGRAFIA LEMOS, Fernando; FERNANDES JÚNIOR, Rubens. Um surrealista no Brasil. Zum Revista de Fotografia, Instituto Moreira Sales, Rio de Janeiro, n.11, p.64-92, 2016.
2016 RESTAURAÇÃO SONORA, RESTAURAÇÃO AUDIOVISUAL LÉRÉNA, Benjamin. Restauração de som no audiovisual: investigações e minúcias sonoras. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 11ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2016, p.90-99.
2016 ICA-AtoM,
ACESSO,
DIFUSÃO,
PATRIMÔNIO DOCUMENTAL,
INSTITUIÇÕES PÚBLICAS,
CADEIA DE CUSTÓDIA,
RDC-Arq,
SIGAD,
REPOSITÓRIO DIGITAL CONFIÁVEL
LIMA, E.S.; FLORES, D. A utilização do ICA-ATOM como plataforma de acesso, difusão e descrição dos documentos arquivísticos de instituições públicas. Informação e Informação, Londrina, v.21, n.3, p.207-227, set./dez., 2016. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/24234/20736 . Acesso em: 21fev2018.
2014 DOCUMENTAÇÃO AUDIOVISUAL, ARQUIVO AUDIOVISUAL, ARQUIVO DE TELEVISÃO, PRODUÇÃO AUDIOVISUAL, DIGITALIZAÇÃO, DOCUMENTALISTA, CATALOGAÇÃO, RECUPERAÇÃO DA INFORMAÇÃO, ESPANHA LÓPEZ-DE-QUINTANA-SÁENZ, Eugenio. Rasgos y trayectorias de la documentación audiovisual: logros, retos y quimeras. El Profesional de la Información, v.23, n.1, enero-febrero, 2014, p.05-12. Disponível em: . Acesso em: 03fev.2019.
2003 DOCUMENTAÇÃO AUDIOVISUAL. MPEG-7. RDF, DUBLIN CORE, SMIL, TV-ANYTIME, SMPTE, SMEF, EBU, METS LÓPEZ YEPES, Alfonso; SÁNCHEZ JIMÉNEZ, Rodrigo; PÉREZ AGÜERA, José R. Tratamiento de la documentación audiovisual en el entorno digital: iniciativas de metadatos y lenguajes de descripción multimedia. El Profesional de la Información, v.12, n.6, p.443-451, nov./dic., 2003. Disponível em: http://www.elprofesionaldelainformacion.com/contenidos/2003/noviembre/3.pdf . Acesso em: 20jan.2019
2011 LITERATURA, MEMÓRIA, ESQUECIMENTO, ARQUIVO, CONTEMPORANEIDADE, ARQUIVISTA LUCENA, Sarah C. Funes, o arquivista da memória – reflexões sobre memória e esquecimento na contemporaneidade. Baleia na Rede, Marília, v.1, n.8, Ano VIII, dez., 2011, p.90-97. Disponível em: . Acesso em: 29jan.2019.
2017 INTERDISCIPLINARIDADE,
PRESERVAÇÃO DIGITAL,
CADEIA DE CUSTÓDIA,
INTRADISCIPLINARIDADE
LUZ, Charlley. A intradisciplinaridade necessária na preservação digital. Research Gate, [2017]. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/319515410_A_intradisciplinaridade_necessaria_na_preservacao_digital . Acesso em: 17092017.
2013 DIREITO AUTORAL, DIREITO DIGITAL, E-BOOKS, LIVRO ELETRÔNICO, GESTÃO DE DIREITOS MACHADO, Adriane I.; WILDAUER, Egon W.; PINTO, José S.P. Uso de digital rights management como proteção a conteúdos digitais: Uma discussão. Datagramazero, v.114, n.1, fev., 2013. Disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/textos/uso-de-digital-rights-management-como-protecao-a-conteudos-digitais.pdf. Acesso em: 12fev.2019.
2016 MEMÓRIA, CONSCIÊNCIA SOCIAL MAIER, Tobi. A realidade sem distância. Zum Revista de Fotografia, Instituto Moreira Sales, Rio de Janeiro, n.11, p.180-182, 2016.
2015 PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL MANASE, Flower. Preservation of Sound and Image Collections. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.123-124.
2001 MEMÓRIA MANGUEL, Alberto. Peter Eisenman: A imagem como memória. In: ______. Lendo imagens: uma história de amor e ódio. São Paulo: Companhia das Letras, 2001, p. 268-286.
2001 MEMÓRIA MANGUEL, Alberto. O espectador comum: a imagem como narrativa. In: ______. Lendo imagens: uma história de amor e ódio. São Paulo: Companhia das Letras, 2001, p. 15-33.
2010 LINGUAGEM IMAGÉTICA, FOTOGRAFIA, ANÁLISE DOCUMENTÁRIA MANINI, Miriam Paula. Leitura de informações imagéticas: ajustes ainda necessários ao “novo” paradigma. In: MANINI, Miriam Paula; MARQUES, Otacílio Guedes; MUNIZ, Nancy Muniz (orgs.). Imagem, Memória e Informação. Brasília: Ícone Editora e Gráfica, 2010, p.11-31.
2010 MEMÓRIA MANINI, Miriam Paula; MARQUES, Otacílio Guedes; MUNIZ, Nancy Muniz (orgs.). Imagem, Memória e Informação. Brasília: Ícone Editora e Gráfica, 2010.
2008 CINEMA DIGITAL, DCI, VIDEO MARQUES, Antonio; SOARES, Jorge. Cinema digital. Instituto Superior Técnico, Portugal, 2008. Disponível em: http://www.img.lx.it.pt/~fp/cav/ano2007_2008/MERC/Trabalho_12/cav-cinema_digital-am_js-html/cav-cinema_digital-am_js.html . Acesso em: 26jan.2019.
2010 CONHECIMENTO,
INFORMAÇÃO,
PRODUÇÃO DE SOFTWARE,
MARXISMO
MARQUES, Otacílio Guedes. Informação histórica: recuperação e divulgação da memória do Poder Judiciário brasileiro. In: MANINI, Miriam Paula; MARQUES, Otacílio Guedes; MUNIZ, Nancy Muniz (orgs.). Imagem, Memória e Informação. Brasília: Ícone Editora e Gráfica, 2010, p.107-124.
2014 TRABALHO,
INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
KARL MARX,
MARXISMO
MARQUES, Rodrigo M. Intelecto geral e polarização do conhecimento na era da informação: o Vale do Silício como exemplo. Tese (doutorado), Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Ciência da Informação, 2014, 254 f. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/BUOS-9MBK8V/intelecto_geral_e_polariza__o_do_conhecimento_na_era_da_informa__o.pdf?sequence=1. Acesso em: 21fev2018.
2016 TRABALHO,
INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
KARL MARX,
MARXISMO
MARQUES, Rodrigo M. Trabalho, informação e conhecimento: relendo Marx na era da informação. LOGEION: Filosofia da Informação, Rio de Janeiro, v.2, n.1, p.47-71, set.2015/fev.2016. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/index.php/article/download/38987. Acesso em: 21fev2018.
2014 INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
MARXISMO
MARQUES, Rodrigo M et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014.
2014 MARXISMO MARQUES, Rodrigo M.; RASLAN, Filipe. Contribuições à crítica da era da informação e do conhecimento. In: MARQUES, Rodrigo M. et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014, p. 9-22.
2017 JORNALISMO DIGITAL, MEMÓRIA, MIDIATIZAÇÃO MARTINS, Alysson. Guerras de Memórias e Midiatização do Passado: Os 50 anos do golpe nos especiais do jornalismo digital. Tese. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, Faculdade de Comunicação, Universidade Federal da Bahia, 2017, 307 p. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/24472/1/Guerras%20de%20mem%c3%b3rias%20e%20os%2050%20anos%20do%20golpe%20de%201964-%20midiatiza%c3%a7%c3%a3o%20do%20passado%20em%20especiais%20do%20jornalismo%20digital.pdf . Acesso em: 21fev2018
--- ECONOMIA POLÍTICA,
MÉTODO
MARXISMO
MARX, K. Prefácio à “Contribuição à Crítica da Economia Política”. In: Karl Marx e Friedrich Engels – Obras Escolhidas – Vol.1. São Paulo: Alfa-Ômega, s.d, p.300-303.
2016 PLATAFORMAS AUDIOVISUAIS, VÍDEOS SOB DEMANDA MASSAROLO, João Carlos; MESQUITA, Dario. Novas plataformas audiovisuais de vídeo sob demanda. In: SQUIRRA, S. (Org.). Cibertecs. Conceitos, interações, automações, futurações. São Luis, MA: LabCom Digital, p.107-131, 2016.
2016 DIGITALIZAÇÃO DE SOM, DOCUMENTAÇÃO SONORA McCARTNEY, Leslie. Ghosts on the Wire. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 46, Mai.2016, p.58-66.
2017 PRESERVAÇÃO DIGITAL AUDIOVISUAL MENESES, Ines Aisengart; QUENTAL, José. Emergências digitais: oportunidades e desafios: preservação audiovisual digital. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 12ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2017, p.74-77.
2010 CHRONOPOLIS,
METAARCHIVE,
PRESERVAÇÃO DIGITAL,
iRODS,
LOCKSS,
PRESERVAÇÃO DIGITAL DISTRIBUÍDA
MINOR, David; PHILLIPS, Mark; SCHULTZ, Matt. “Chronopolis and MetaArchive: Preservation Cooperation”. 7th International Conference on Preservation of Digital Objects (iPRES2010). September 19 - 24, 2010, Viena, Áustria Disponível em: http://www.ifs.tuwien.ac.at/dp/ipres2010/papers/minor-29.pdf. Acesso em 25nov2017.
2013 ANIM, ARQUIVO NACIONAL DE IMAGENS EM MOVIMENTO MIRANDA, Carlos. Visita guiada ao ANIM – Arquivo Nacional das Imagens em Movimento. Cinemaville, 2013. Disponível em: https://cinemaville.net/2013/01/19/visita-guiada-ao-anim-arquivo-nacional-das-imagens-em-movimento/ . Acesso em: 27jan.2019
2014 RESTAURAÇÃO DE FILMES MIRANDA, Cristiana. Relato case de restauração (Copacabana mon amour). In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 9ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2014, p.177-179.
2010 MEMÓRIA, CURRÍCULO MOLINA, Ana Heloísa. Imagens e construção do conhecimento histórico: investigando a organização de conceitos históricos a partir de imagens no ensino fundamental e médio. In: MANINI, Miriam Paula; MARQUES, Otacílio Guedes; MUNIZ, Nancy Muniz (orgs.). Imagem, Memória e Informação. Brasília: Ícone Editora e Gráfica, 2010, p.167-182.
2013 PRESERVAÇÃO DIGITAL, METADADOS, METADADOS DE PRESERVAÇÃO MORO CABERO, Manuela. Taxonomía de metadatos de preservación. PontodeAcesso, v. 7, n.1, 2013, p.132-153. Disponível em: http://www.portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/download/8142/5814 . Acesso em: 20jan.2019
2017 CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO,
INTERDISCIPLINARIDADE, MARXISMO
MOSTAFA, Solange P. Ciência da Informação e sua relação com outras áreas. Palestra proferida em Marília, 15 de abril [s/d], Seminário Internacional [s.l.]. Disponível em: https://www.marilia.unesp.br/Home/Extensao/CEDHUM/texto03.pdf . Acesso em 06out2017.
2007 KARL MARX,
MARXISMO,
DETERMINISMO
MOURA, Mauro Castelo Branco de. Marx e o determinismo. In: NÓVOA, Jorge (Org.). Incontornável Marx. Salvador/São Paulo: EDUFBA/UNESP, 2007, p.389-398.
2016 IDENTIDADE, IMAGEM, FOTOGRAFIA MUHOLI, Zanele; LAW-VILJOEN, Bronwin. Uma por Todas. Zum Revista de Fotografia, Instituto Moreira Sales, Rio de Janeiro, n.11, p.10-29, 2016.
2010 MEMÓRIA, INSTITUIÇÃO, IMAGEM, INFORMAÇÃO, SÍMBOLOS, CNPQ, IMAGINÁRIO SOCIAL MUNIZ, Nancy A. Campos. O símbolo e a construção imaginária de uma instituição. In: MANINI, Miriam Paula; MARQUES, Otacílio Guedes; MUNIZ, Nancy Muniz (orgs.). Imagem, Memória e Informação. Brasília: Ícone Editora e Gráfica, 2010, p.125-145.
2017 POLÍTICA DE PRESERVAÇÃO DIGITAL NATIONAL ARCHIVES. Digital Preservation Policies: Guidance for archives. The National Archives of United Kingdon. Disponível em: http://www.nationalarchives.gov.uk/documents/information-management/digital-preservation-policies-guidance-draft-v4.2.pdf . Acesso em 29052017.
2003 PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL NATIONAL FILM PRESERVATION FOUNDATION. The film preservation guide: the basics for archives, libraries, and museums. San Francisco: NFPF, 2003.
2015 FORMAÇÃO, AUDIOVISUAL, EDUCAÇÃO NJOROGE, Mary. Opportunities for Education and Training in Kenya. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.129-130. Disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/textos/SOIMA-2015-Abstracts2.pdf. Acesso em: 12fev.2019.
1993 MEMÓRIA, HISTÓRIA NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Projeto História, Revista do Programa de estudos pós-graduados em História, PUC-SP, São Paulo, n.10, 1993. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/revph/article/download/12101/8763 . Acesso em: 29jan.2019.
2007 PRESERVAÇÃO DIGITAL,
PLANEJAMENTO DE PRESERVAÇÃO
NORTHEAST DOCUMENT CONSERVATION CENTER. Planning for Digital Preservation: A Self-Assessment Tool. Questions written by Liz Bishoff Group and Erin Rhodes, consultant, 04 pg., 2007. Disponível em: https://www.nedcc.org/assets/media/documents/DigitalPreservationSelfAssessmentfinal.pdf . Acesso em: 21fev2018.
2015 DETERIORAÇÃO, FILME, PELÍCULA NOSHY, Wafika; Ibrahim, Gehan. Unblocking Decomposed Film Reel no. 395 from the Egyptian Newsreel. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.143-144. Disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/textos/SOIMA-2015-Abstracts2.pdf. Acesso em: 12fev.2019.
2014 PRESERVAÇÃO, MEMÓRIA, AMÉRICA LATINA, AUDIOVISUAL NÚÑEZ, Fabián. A preservação audiovisual na América Latina: a memória entre a rejeição e a negociação. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 9ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2014, p.88-91.
2015 PRESERVAÇÃO, POLÍTICA, AUDIOVISUAL NÚÑEZ, Fabián. A política e as políticas de preservação audiovisual no Brasil ou a sua ausência. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 10ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Uma década de preservação – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2015, p.86-89.
2014 OAIS, PRESERVAÇÃO DE BITS, PRESERVAÇÃO LÓGICA, PRESERVAÇÃO ATIVA, NUVEM O’FARRELLY, Kevin; GAIREY, Alan; CARR, James; BRAUD, Maïté; SHARPE, Robert. Access and Preservation in the Cloud: Lessons from Operating Preservica Cloud Edition. Proceeedings..., iPres 2014, p.137-140. Disponível em: http://www.ipres-conference.org/ipres14/sites/default/files/upload/iPres-Proceedings-final.pdf . Acesso em: 24jan.2019
2015 FORMAÇÃO, EDUCAÇÃO, AUDIOVISUAL, ARMAZENAMENTO OLGADO, Benedict. Audiovisual Archiving Education in the Philippines: A Community Building Approach. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.131-132. Disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/textos/SOIMA-2015-Abstracts2.pdf. Acesso em: 12fev.2019.
2017 MEMÓRIA, INFORMAÇÃO OLIVEIRA, E.B.; RODRIGUES, G.M. Memória: Interfaces no campo da informação. Brasília: UnB, 2017 .
2011 MEMÓRIA, CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, ARQUIVOLOGIA, FORMAÇÃO, EDUCAÇÃO OLIVEIRA, E.B.; RODRIGUES, G.M. O conceito de memória na Ciência da Informação: análise das teses e dissertações dos programas de pós-graduação no Brasil. Liinc em Revista, v.7, n.1, março 2011, Rio de Janeiro, p.311-328. Disponível em: http://revista.ibict.br/liinc/article/view/3302/2918 . Acesso em: 21fev2018.
2005 MARXISMO,
TRABALHO
VALOR
MERCADORIA
CAPITALISMO
OLIVEIRA, Marcos B. Ciência: Força Produtiva ou Mercadoria? Crítica Marxista, n. 21, 2005, p. 77-96. Disponível em: http://paje.fe.usp.br/~mbarbosa/artcm.pdf . Acesso em: 21fev2018.
2016 IMAGEM, FOTOGRAFIA, ANTROPOLOGIA, IDENTIDADE OMAR, Arthur; MONTEJO NAVAS, Adolfo. Limbo. Zum Revista de Fotografia, Instituto Moreira Sales, Rio de Janeiro, n.11, p.30-51, 2016.
2016 ARQUIVO AUDIOVISUAL, SOIMA, ICCROM OOMEN, Johan. Audiovisual archives, the next ten years: turning vision into reality and positive change. 2015, s.p. Disponível em: https://medium.com/@johanoomen/soima-turing-vision-into-reality-and-positive-change-fc2388ea953f . Acesso em: 10 mar. 2018.
2015 ARQUIVO AUDIOVISUAL, ICCROM, SOIMA OOMEN, Johan. Audiovisual archives, the next ten years: turning vision into reality and positive change. ICCROM Sound and Image Collections Conservation programme, SOIMA. Disponível em: https://medium.com/@johanoomen/soima-turing-vision-into-reality-and-positive-change-fc2388ea953f. Acesso em: 26jan.2019.
2015 PRESERVAÇÃO, CONSERVAÇÃO, ARQUIVO AUDIOVISUAL PARIHAR, Hemant Bahadur Singh. Conservation & Preservation Of Rare And Old Audio Visual Archives. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.89. Disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/textos/SOIMA-2015-Abstracts2.pdf. Acesso em: 12fev.2019.
2017 PRESERVAÇÃO DIGITAL DISTRIBUÍDA, LOCKSS, STANFORD UNIVERSITY PASQUINELLI, Art. Stanford University LOCKSS Program to mainstream distributed digital preservation through new project. Disponível em: http://library.stanford.edu/node/130509 . Acesso em: 24jan.2019
2010 IMAGEM, INDEXAÇÃO, RECUPERAÇÃO DA INFORMAÇÃO PATO, Paulo Roberto Gomes. Imagens: polissemia versus indexação e recuperação da informação. In: MANINI, Miriam Paula; MARQUES, Otacílio Guedes; MUNIZ, Nancy Muniz (orgs.). Imagem, Memória e Informação. Brasília: Ícone Editora e Gráfica, 2010, p.147-166.
2014 GESTÃO DE CONTEÚDOS, DIGITALIZAÇÃO, DOCUMENTAÇÃO AUDIOVISUAL, TELEVISÃO, ANÁLISE DE CONTEÚDO, ARQUIVISTA, DOCUMENTALISTA PEÑA-COSTERO, Paz Muñoz de la; MEANA-ALONSO, Sonsoles; SÁEZ-CARRERAS, Susana. Cinco años de experiencia digital em los servicios informativos de TVE: uma nueva gestión de contenidos. El Profesional de la Información, v.23, n.1, enero-febrero, 2014, p.72-79. Disponível em: http://www.elprofesionaldelainformacion.com/contenidos/2014/enero/09.pdf . Acesso em: 03fev.2019.
2016 PRESERVAÇÃO, AUDIOVISUAL, IMEGEM EM MOVIMENTO PEREIRA, João V. Preservação de imagens em movimento: um estudo sobre a situação de acervos públicos de Salvador. Dissertação. Mestrado em Ciência da Informação, Instituto de Ciência da Informação, Universidade Federal da Bahia, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/21745/1/Jo%c3%a3o%20Victor%20Amorim%20-%20Disserta%c3%a7%c3%a3o_Preserva%c3%a7%c3%a3o_Imagens_Movimento_Completo_Modificado.pdf. Acesso em: 04fev.2019.
2014 INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
MARXISMO,
PROPRIEDADE INTELECTUAL,
VALOR,
MERCADORIA,
MAIS-VALIA
PERELMAN, Michael. Propriedade intelectual e a forma da mercadoria: novas dimensões na transferência legislada da mais-valia. In: MARQUES, Rodrigo M. et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014, p. 99-114.
2001 MEMÓRIA, IMAGEM, FOTOGRAFIA, ANTROPOLOGIA, HISTÓRIA PEIXOTO, Clarice E. Memória em imagens: uma evocação do passado. In: KOURY, Mauro G.P. (Org.). Imagem e Memória: Ensaios de Antropologia Visual. Rio de Janeiro: Garamond, 2001, p.173-187.
2010 MARXISMO,
CIÊNCIA SOCIAL
PERISSINOTTO, Renato. Marxismo e Ciência Social: Um balanço crítico do marxismo analítico. Revista Brasileira de Ciências Sociais – RBCS, v. 25, n. 73, jun. 2010, p. 113-128. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbcsoc/v25n73/v25n73a07.pdf . Acesso em: 21fev2018.
2017 ARMAZENAMENTO AUDIOVISUAL,
FITAS MAGNÉTICAS DIGITAIS
PERLMUTTER, Marty. The Lost Picture Show: Hollywood Archivists Can’t Outpace Obsolescence. Studios invested heavily in magnetic-tape storage for film archiving but now struggle to keep up with the technology. Disponível em: http://spectrum.ieee.org/computing/it/the-lost-picture-show-hollywood-archivists-cant-outpace-obsolescence. Acesso em: 09052017.
2009 PRESERVAÇÃO DIGITAL, EPISTEMOLOGIA, REPOSITÓRIO PINTO, Maria M. PRESERVMAP: um roteiro da preservação na era digital. Porto: Afrontamento, 2009.
2016 REPOSITÓRIO INSTITUCIONAL, OAI-PMH, ACESSO ABERTO, OPEN ACCESS POYNDER, Richard. Q&A with CNI’s Clifford Lynch: Time to re-think the institutional repository? Disponível em: https://richardpoynder.co.uk/Clifford_Lynch.pdf . Acesso em: 29jan.2019.
2014 INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
MARXISMO,
INTELECTO
PRADO, Eleutério F.S. Intelecto geral. In: MARQUES, Rodrigo M. et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014, p. 23-34.
2017 MARXISMO,
CONHECIMENTO,
MÉTODO,
DIALÉTICA,
MATERIALISMO
PRADO JÚNIOR, Caio. Teoria marxista do conhecimento e método dialético materialista. [1973], 38 fl. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/discurso/article/download/37760/40487 . Acesso em 06out2017.
2017 SALOVAGUARDA, PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL, ÉTICA, ESTRATÉGIAS DE PRESERVAÇÃO PRENTICE, Will; GAUSTAD, Lars (Co-Eds.). IASA TC 03 – The safeguarding of the audiovisual heritage: ethics, principles and preservativo strategy. IASA, Technical Committee, Standards, Recommended Practices, and Strategies. UK: Bellsway Print, 2017.
2015 PRESERVICA, PRESERVAÇÃO DIGITAL PRESERVICA. Achieving a step change in digital preservation capability. An assessment of Preservica using Digital Preservation Capability Maturiry Model (DPCMM). Essential guide. 2015. Disponível em: https://preservica.com/uploads/legacy/2015/02/Preservica-Essential-Guide-Achieving-a-Step-Change-in-Digital-Preservation-Capability-Feb-2015.pdf. Acesso em: 30jan.2019.
2016 ESCANERS DE FILME, SISTEMAS DE INGESTÃO DE VÍDEO, OPEN SOURCE, ARMAZENAMENTO PRESTOCENTRE FOUNDATION. AV digitization and digital preservation TechWatch Report, n.4, october, 2016. Disponível em: https://www.prestocentre.org/system/files/library/resource/techwatch_report_2016_04.pdf . Acesso em: 24jan.2019.
2015 MEMÓRIA, VÍDEO, FUNDAÇÃO GULBENKIAN, AUDIOVISUAL PRIOR, Patricia Rosas. Multiple Memories: Videos from the Gulbenkian Foundation Collection. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.21-22. Disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/textos/SOIMA-2015-Abstracts2.pdf. Acesso em: 12fev.2019.
[s.d.] VÍDEO PROFISSIONAL, DVCAM, DV, DVCPRO PRÓ-TV ENGENHARIA. DVCAM. Disponível em: http://www.protv.com.br/Sony/DVCAM.pdf. Acesso em: 20jan.2019
2016 MEMÓRIA,
CONHECIMENTO,
IMAGINAÇÃO,
TEMPO
QUADROS, E.M.; FONSECA-SILVA, M.C. Platão, Aristóteles e a questão da memória: uma leitura ricoeuriana. Revista Memória em Rede, v.8, n. 15, jul/dez, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/Memoria/article/view/8843/6700 . Acesso em: 21fev2018.
2015 AUDIOVISUAL, PATRIMÔNIO, MEMÓRIA, PRESERVAÇÃO QUENTAL, José. O audiovisual como patrimônio: questões. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 10ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Uma década de preservação – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2015, p.83-85.
2012 PRESERVAÇÃO DIGITAL, IBICT, INFORMAÇÃO, MEMÓRIA, INTERMEDIAÇÃO RABELLO, Rodrigo; CASTRO, Virgínia F.S. Intermediação da informação e preservação da memória digital. Ci.Inf., Brasília, v.41, n.1, p.22-35, jan./abr. 2012. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/1349/1528 . Acesso em: 21fev2018.
2012 INTERMEDIAÇÃO DE INFORMAÇÃO, MEMÓRIA, PRESERVAÇÃO DIGITAL, IBICT RABELLO, Rodrigo; CASTRO, Virginia F.S. Intermediação da informação e preservação da memória digital. Ci. Inf., Brasília, v.41, n.1, p.22-35, jan./abr., 2012. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/download/1349/1528. Acesso em: 26jan.2019.
2013 PLANEJAMENTO, PRESERVAÇÃO, GERENCIAMDENTO DE ACERVOS MAUDIOVISUAIS, INSTRUMENTOS DE BUSCA, ENCODED ARCHIVAL DESCRIPTION (EAD) RANGER, Joshua. Does the criation of EAD finding aids inhibit archival activities? AVP, 2013. Disponível em: https://www.weareavp.com/does-the-creation-of-ead-finding-aids-inhibit-archival-activities/ . Aceso em: 20jan.2019
2017 ACERVO AUDIOVISUAL, ORGANIZAÇÃO DE ACERVO AUDIOVISUAL, SUSTENTABILIDADE, ACESSO RANGER, Joshua. What’s Your Product? Assessing the suitability of a More Product, Less Process methodology for processing audiovisual collections. AVPreserve, 2017. Disponível em: https://www.avpreserve.com/wp-content/uploads/2017/07/WhatsYourProduct.pdf. Acesso em: 27jan.2019.
2000 RESTAURAÇÃO, PRESERVAÇÃO, CINEMA, FILME, PELÍCULA READ, Paul; MEYER, Mark-Paul. Restoration of motion picture film. Oxford: Caleidoscope, 2000.
2015 DOCUMENTO DIGITAL, PRESERVAÇÃO, DADOS ABERTOS REED, Barbara. Just doing the same won’t work: lets make the digital recordkeeping compeling!Acervo – Revista do Arquivo Nacional, Rio de Janeiro, v.28, n.2, p. 93-109, jul/dez 2015. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/611/644. Acesso em: 21fev2018.
2014 INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
MARXISMO,
EDUCAÇÃO,
ESCOLA DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO,
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS,
ECI-UFMG
REIS, Alcenir S. Informação e Educação no contexto da ECI/UFMG:
interlocuções históricas e contrapontos
. In: MARQUES, Rodrigo M. et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014, p. 217- 246.
2012 NARRATIVA, REDES SOCIAIS, CIBERESPAÇO RENDEIRO, Márcia E.L.S.; RIBEIRO, Leila B. Narrativas no ciberespaço – memória, informação e imagem no universo das redes sociais. Anais do XIII ENANCIB, 2012. Disponível em: http://enancib.ibict.br/index.php/enancib/xiiienancib/paper/viewFile/3951/3074 . Acesso em: 20jan.2019
2014 AUDIOVISUAL, GESTÃO DE ACERVOS AUDIOVISUAIS RESENDE, Fernanda E.C.P.; MORÁS, Teder M. Gestão de acervos audiovisuais: o mundo digital. [2014]. Disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/textos/gestao-acervos-av-digitais.pdf. Acesso em: 12fev.2019.
2014 PATRIMÔNIO CULTURAL, ACERVO AUDIOVISUAL, CONTEXTO ANALÓGICO E DIGITAL, IMAGEM, SOM RESENDE, Fernanda E.C.P.; MORÁS, Teder M. Território audiovisual: imagens e sons como estratégia metodológica de pesquisa. Habitus, Goiânia, v.12, n.1, p.45-70, jan./jun, 2014. Disponível em: http://seer.pucgoias.edu.br/index.php/habitus/article/download/3926/2261. Acesso em: 26jan.2019.
2016 FOTOGRAFIA, MEMÓRIA, FAMÍLIA, CONFLITOS, PINTURA, NAZISMO RICHTER, Gerhard; BADER, Joerg. Cartografia da memória. Zum Revista de Fotografia, Instituto Moreira Sales, Rio de Janeiro, n.11, p.94-115, 2016.
2014 ARQUIVO, IMAGEM EM MOVIMENTO, FILME, AUDIOVISUAL, CLAIM RIVERA, Norma. Um olhar ao CLAIM: Coordenadora Latino-Americana de Arquivos de Imagens em Movimento. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 9ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2014, p.92-95.
2001 MEMÓRIA, ANTROPOLOGIA ROCHA, Ana Luiza C.; ECKERT, Cornelia. Imagens do tempo nos meandros da memória. In: KOURY, Mauro G.P. (Org.). Imagem e Memória: Ensaios de Antropologia Visual. Rio de Janeiro: Garamond, 2001, p.19-39.
2015 DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS, CONFIABILIDADE, REPOSITÓRIOS DIGITAIS CONFIÁVEIS, REPOSITÓRIOS DIGITAIS ARQUIVÍSTICOS ROCHA, Cláudia L. Repositórios para a preservação de documentos arquivísticos digitais. Acervo – Revista do Arquivo Nacional, Rio de Janeiro, v.28, n.2, p. 180-191, jul/dez 2015. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/608/669 . Acesso em: 21fev2018.
2016 ARQUIVOLOGIA, CINEMA, FILME, PEDAGOGIA FÍLMICA, NARRATIVA FÍLMICA RONCAGLIO, Cynthia; MANINI, Miriam P. Arquivologia e cinema: um olhar arquivístico sobre narrativas fílmicas. Brasília: UnB, 2016.
2006 IMAGEM, MEMÓRIA, HISTÓRIA ORAL ROUSSO, H. A memória não é mais o que era. In: FERREIRA, M.M.; AMADO, J. Usos e abusos da história oral. Rio de Janeiro: FGV, 2006, p. 93-101.
2006 AUDIOVISUAL, MULTIMIDIA, DOCUMENTAÇÃO AUDIOVISUAL, ARQUIVO, BIBLIOTECA, MUSEU, COPYRIGHT, DIGITALIZAÇÃO, PRESERVAÇÃO, ARMAZENAMENTO, CATALOGAÇÃO ROYAN, Bruce et alii. Directrizes para materiais audiovisuais e multimedia em bibliotecas e outras instituições. Professional Reports, n.80, IFLA., 2006. Disponível em: https://archive.ifla.org/VII/s35/pubs/avm-guidelines04-pt.pdf. Acesso em: 04fev.2019.
2012 PRESERVAÇÃO DIGITAL, DIGITALIZAÇÃO, VÍDEO DIGITAL, FORMATOS DE ARQUIVO, INDICADORES RUIZ, David G.; TÉRMENS, Miquel; RIBERA, Mireia. Modelo de indicadores para evaluar los formatos digitales para la preservación de vídeo. Revista Española de Documentación Científica, v.35, n.2, abr./jun, p.281-297, 2012. Disponível em: http://redc.revistas.csic.es/index.php/redc/article/download/737/818. Acesso em: 26jan.2019.
2018 PRESERVAÇÃO DIGITAL, DOCUMENTO ARQUIVÍSTICO DIGITAL, REPOSITÓRIO ARQUIVÍSTICO DIGITAL CONFIÁVEL, ARQUIVO NACIONAL SAMPAIO, Erika M.N.; ABREU, Jorge P.L.; REIS, Raquel D. Perspectivas da preservação da memória digital brasileira a partir da experiência do Arquivo Nacional. Revista do Arquivo, São Paulo, Ano II, nº 6, p. 47-62, abril, 2018. Disponível em: http://www.arquivoestado.sp.gov.br/revista_do_arquivo/06/pdf/SAMPAIO_E_M_N__et_al_-_Perspectivas_da_preservacao_da_memoria_digital_brasileira_a_partir_da_experiencia_do_Arquivo_Nacional.pdf . Aceso em: 24jan.2019
2011 MARXISMO,
EDUCAÇÃO,
PROFESSOR,
IDENTIDADE,
ENSINO,
PESQUISA,
FORMAÇÃO DOCENTE
SANTOS, Cláudio E.F.; VIANA, Marta L.D. A teoria do professor reflexivo: os equívocos da identidade entre ensino e pesquisa na formação docente. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, Londrina, v. 3, n. 2, p. 71-80, dez. 2011. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistagerminal/article/view/9454/6886 . Acesso em: 21fev2018.
2017 PRESERVAÇÃO DIGITAL,
PATRIMÔNIO ARQUIVÍSTICO,
DOCUMENTO ARQUIVÍSTICO,
PATRIMÔNIO CULTURAL,
OAIS,
CADEIA DE CUSTÓDIA
SANTOS, Henrique M.; FLORES, Daniel. Preservação do patrimônio documental arquivístico em ambiente digital. Palabra Clave, La Plata, v.7, n.1, p.1-16, 2017. Disponível em: http://www.palabraclave.fahce.unlp.edu.ar/article/view/PCe029/8815 . Acesso em: 21fev2018.
2013 DADOS DE PESQUISA, CURADORIA DIGITAL, PRESERVAÇÃO DIGITAL, ESCIENCE SAYÃO, Luis F.; SALES, Luana F. Dados de pesquisa: contribuição para o estabelecimento de um modelo de curadoria digital para o país. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, v.6, n.1, 2013. Disponível em: http://inseer.ibict.br/ancib/index.php/tpbci/article/view/102/146 . Acesso em: 20jan.2019
2009 REPOSITÓRIO INSTITUCIONAL, MEMÓRIA, CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, COMUNICAÇÃO NA CIÊNCIA, GESTÃO DA INFORMAÇÃO, GESTÃO DO CONHECIMENTO SAYÃO, Luís et alii (Orgs.). Implantação e gestão de repositórios institucionais: políticas, memória, livre acesso e preservação. Salvador: EDUFBA, 2009. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ufba/473/3/implantacao_repositorio_web.pdf . Acesso em: 04fev.2019.
2015 ARQUIVO, BRASIL, INSTITUIÇÃO SCHELLENBERG, Theodor R. Problemas arquivísticos do Governo Brasileiro. Documento. Texto originalmente publicado em 1960. Acervo – Revista do Arquivo Nacional, Rio de Janeiro, v.28, n.2, p. 287-299, jul/dez 2015. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/630/677 . Acesso em: 21fev2018.
2011 MIGRAÇÃO DIGITAL, DOCUMENTAÇÃO AUDIOVISUAL SCHÜLLER, Dietrich. Estrategias de migración de contenidos digitales.
Cuadernos de Documentación Multimedia, n.22, p.88-91, 2011. Disponível em: http://revistas.ucm.es/index.php/CDMU/article/view/38335/37091. Acesso em: 20jan.2019
2014 ARCHIVEMATICA, DURACLOUD, METAARCHIVE, PRESERVICA INTERNET ARCHIVE, PRESERVAÇÃO DIGITAL, PATRIMÔNIO CULTURAL SCHUMACHER, Jaime et alii. From theory to action: “Good enough” digital preservation solutions for under-resourced cultural heritage institutions. A Digital POWRR White Paper for the Institute of Museum and Library Services. IMLS, August, 2014. Disponível em: https://powrr-wiki.lib.niu.edu/images/a/a5/FromTheoryToAction_POWRR_WhitePaper.pdf. Acesso em: 29jan.2019.
2017 INSTITUIÇÃO, INTERDISCIPLINARIDADE, MEMÓRIA, MULTIDISCIPLINARIDADE SEGESTEN, Anamaria Dutceac; WÜSTENBERG, Jenny. Memory Studies: the state of an emergent field. Memory Studies, v.10(4), 2017, p. 474-489. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/316797640_Memory_Studies_-_the_State_of_the_Field . Acesso em: 21fev2018.
2009 TEORIA LITERÁRIA, CRÍTICA LITERÁRIA, ARQUIVOS, MEMÓRIA, ESQUECIMENTO, POLÍTICA, ESTÉTICA, MAL DE ARQUIVO SELIGMANN-SILVA, Márcio. Estética e política, memória e esquecimento: novos desafios na era do Mal de Arquivo. Remate de Males, v.29, n.2, jul./dez., 2009, p.271-281. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/download/8636279/3988. Acesso em: 29jan.2019.
2013 POLÍTICAS DE PRESERVAÇÃO DIGITAL SHELDON, Madeline. Analysis of current digital preservation policies: Archives, Libraries, and Museums. Research Report. NDIIPP, 2013. Disponível em: http://www.digitalpreservation.gov/documents/Analysis%20of%20Current%20Digital%20Preservation%20Policies.pdf. Acesso em: 26jan.2019.
2014 ARMAZENAMENTO, SUPORTES, FORMATOS, VÍDEO, ÁUDIO, AUDIOVISUAL SCHÜLLER, Dietrich; HÄFNER, Albrecht (Eds.). IASA TC 05 – Handling and storage of audio and video carriers. IASA, Technical Committee, Standards, Recommended Practices, and Strategies. UK: Bellsway Print, 2014.
2016 ARQUIVO, AUDIOVISUAL, ORGANIZAÇÃO DE ACERVO SILVA, Ariane Cristina Gervásio da. A criação de acervos audiovisuais em universidades: a TV UFMG. In: D’ANGELO, R.H.; D’ANGELO, F.H. CINEOP – 11ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – Cinema Patrimônio. Belo Horizonte: Universo Produção, 2016, p.100-103.
2015 PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL, INSTITUIÇÃO, BRASIL, PRESERVAÇÃO DIGITAL, REPOSITÓRIO, ACESSO SILVA, Rubens; ANDRADE, Ricardo. Audiovisual Heritage in Brazilian Institutions: Challenges and Alternatives. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.90-92. Disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/textos/SOIMA-2015-Abstracts2.pdf. Acesso em: 12fev.2019.
2016 PATRTIMÔNIO AUDIOVISUAL, SALVAGUARDA, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, PRESERVAÇÃO DIGITAL, REPOSITÓRIO DIGITAL SILVA, Rubens R.G.; HOLLÓS, Adriana L.C.; ANDRADE, Ricardo S.; PAVEZI, Neiva. A Iniciativa Legatum e a preservação digital de arquivos audiovisuais públicos (The Legatum Initiative and digital preservation of audiovisual public archives). Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v.14, n.3, p. 5125-540, set./dez., 2016. Disponível em português em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/download/8646279/pdf. Disponível em inglês em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8646279/pdf_1. Acesso em: 26jan.2019.
2017 PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, INICIATIVA LEGATUM, REPOSITÓRIO LEGATUM SILVA, Rubens R. G. et alii. Audiovisual heritage in Brazilian Institutions and other Latin origin language institutions: Challenges and alternatives to a Brazilian experiment of remote access. In: ICCROM/SOIMA (Orgs.) Unlocking Sound and Image Collections. Roma / Bruxelas: ICCROM, KIKIRPA, 2017, p.101-107. Disponível em: https://www.iccrom.org/sites/default/files/2017-12/00_soima_unlocking_sound_and_image_heritage_0.pdf . Acesso em: 28jan.2019.
2017 PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, INICIATIVA LEGATUM, REPOSITÓRIO LEGATUM SILVA, Rubens R. G. et alii. Iniciativa Legatum: Atualizando a pesquisa e o Repositório Legatum Sonus et Imago. Anais do V Encontro da Rede de Serviços de Preservação Digital Cariniana / III SINPRED – Seminário Internacional de Preservação Digital, Brasília, 3 a 5 de maio de 2017, pôster expositivo. Disponível em: https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0ahUKEwiK0NrKnYLWAhVI8mMKHbX1BjcQFggmMAA&url=http%3A%2F%2Fcariniana.ibict.br%2Findex.php%2Fpublicacoes%2Fitem%2Fdownload%2F179_63c4ea909fbadf6eca65eb420ea23406&usg=AFQjCNE8GL7XSrIEEK3dv4XInBpTkei-og . Acesso em: 31ago.2017.
2016 PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL, PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL, INICIATIVA LEGATUM, REPOSITÓRIO LEGATUM SILVA, Rubens R. G. et alii. Salvaguarda e preservação digital do patrimônio audiovisual em instituições públicas no Brasil. Revista Arquivo em Cartaz, Arquivo Nacional, 2016, p.32-39. Disponível em: http://www.arquivonacional.gov.br/images/virtuemart/product/Revista_arquivo_em_cartaz_2016_miolo_final.pdf . Acesso em: 28jan.2019.
2013 IMAGEM DIGITAL, REQUISITOS FUNCIONAIS, MODELAGEM CONCEITUAL, CATALOGAÇÃO SIMIONATO, Ana C.; SANTOS, Plácida L.V.A.C. Descrição de recursos imagéticos digitais: apresentação de um modelo conceitual. Anales de Documentación, v.16, n.2, 2013. Disponível em: https://revistas.um.es/analesdoc/article/view/analesdoc.16.2.179261/153931 . Acesso em: 20jan.2019
2017 REPRESENTAÇÃO DA INFORMAÇÃO, DESCRIÇÃO AUDIOVISUAL, FILME, DOCUMENTO AUDIOVISUAL SIMIONATO, Ana C. O tratamento descritivo para recursos audiovisuais: a representação de filmes. In: ALBUQUERQUE, Ana C.; SIMIONATO, Ana C. Recursos audiovisuais: sua contemporaneidade na organização e representação da informação e do conhecimento. Rio de Janeiro: Interciência, 2017, p.77-95.
2017 EPISTEMOLOGIA, ARQUIVOS SMIT, Frans; GLAUDEMANS, Arnoud; JONKER, Rienk (editors). Archives in Liquid TiMes. Amsterdam: Hogeschool van Amsterdam / Archiefschool et aliI, 2017. Disponível em: http://www.oapen.org/download?type=document&docid=641001 . Acesso em: 29jan.2019.
2000 MEMÓRIA, LINGUAGEM SMOLKA, Ana. A memória em questão: uma perspectiva histórico-cultural. Educação & Sociedade, Campinas, SP, ano XXI, nº 71, 2000, p. 166-193. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v21n71/a08v2171.pdf . Acesso em: 21fev2018.
2014 DOCUMENTAÇÃO AUDIOVISUAL, TELEVISÃO, ORGANIZAÇÃO DE ARQUIVOS, NOTICIÁRIOS, REPRENTAÇÃO DE CONTEÚDO, INDEXAÇÃO, METADADOS SOTO-HERNÁNDEZ, Silvano; NAUMIS-PEÑA, Catalina. Analisis bibliotecológico de los noticieros televisivos mexicanos en la web. El Profesional de la Información, v.23, n.1, enero-febrero, 2014, p.80-86. Disponível em: http://www.elprofesionaldelainformacion.com/contenidos/2014/enero/10.pdf . Acesso em: 03fev.2019.
2007 POLÍTICAS PÚBLICAS, DIREITOS CIVIS SOUZA, Celina. Estado da arte da pesquisa em políticas públicas. In: HOCHMAN, Gilberto; ARRETCHE, Marta; MARQUES, Eduardo (Orgs.). Políticas públicas no Brasil. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2007, p.65-86.
2017 DOCUMENTO AUDIOVISUAL, ORGANIUZAÇÃO DE ACERVO AUDIOVISUAL, MULTIMODALIDADE, SEMIÓTICA SOUSA, Emilio E. Abordagens multimodais para análise de documentos audiovisuais. In: ALBUQUERQUE, Ana C.; SIMIONATO, Ana C. Recursos audiovisuais: sua contemporaneidade na organização e representação da informação e do conhecimento. Rio de Janeiro: Interciência, 2017, p.39-56.
2014 INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
MARXISMO,
ONTOLOGIA,
TEORIA SOCIAL
SOUZA JÚNIOR, Hormindo P. Acerca da perspectiva ontológica que matriza a Teoria Social Marxiana e a produção e reprodução social dos conhecimentos. In: MARQUES, Rodrigo M. et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014, p. 135-148.
2014 GESTÃO DA INFORMAÇÃO, SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO, PRESERVAÇÃO DA INFORMAÇÃO,CHECKLIST, REPOSITÓRIO DIGITAL CONFIÁVEL SOUSA, Paula M.C. Gestão da informação: do modelo de segurança e preservação ao repositório confiável. PÁGINAS a&b, 3ª série, n.1, p. 91-119, 2014. Disponível em: http://ojs.letras.up.pt/index.php/paginasaeb/article/download/572/572 . Acesso em: 26jan.2019.
2012 NUVEM, ARMAZENAMENTO DIGITAL, ARQUIVO, TEORIA ARQUIVÍSTICA, ARQUIVÍSTICA STANCIC, Hrvoje; RAJH, Arian; MILOSEVIC, Ivor. "Archiving-¬as-a-¬Service". Influence of Cloud Computing on the Archival Theory and Practice. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/310452684_Archiving--as-a--Service_Influence_of_Cloud_Computing_on_the_Archival_Theory_and_Practice . Acesso em: 30jan.2019.
2017 VÍDEO,
PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL,
DIGITALIZAÇÃO,
ARMAZENAMENTO DIGITAL,
METADADOS
TADIC, Linda. Preservação de vídeo para Milênios. Tradução de Marco Dreer Buarque, autorizada pela autora e pela Association of Moving Image Archivists (AMIA). Originalmente publicado em AMIA Tech Review, vol. 4, Maio de 2012. Disponível em: https://sombraseletricas.webnode.pt/ver-com-olhos-livres/preserva%C3%A7%C3%A3o-de-video-para-mil%C3%AAnios-linda-tadic/ . Acesso em: 21fev2018
2017 PRESERVAÇÃO, AUDIOVISUAL FOTOGRAFIA, IMAGEM EM MOVIMENTO, ARQUIVO, FILME, ACERVO, SOM TANDON, Aparna; SLOMSKA, Agnieszka; OPOKU-BOATENG, Judith; ABBAZIA, Danielle (Editors). Unlocking Sound and Image Heritage: Selected Readings from the International 2015 SOIMA Conference, Brussels, Belgium, 2015. Rome; Belgium: ICCROM, KIK-IRPA, 2017. Disponível em: https://www.iccrom.org/sites/default/files/2017-12/00_soima_unlocking_sound_and_image_heritage_0.pdf . Acesso em 21fev2018.
2015 PRESERVAÇÃO, RESTAURAÇÃO, AUDIOVISUAL, IMAGEM EM MOVIMENTO, ETNOGRAFIA TARI, Janos. Preservation and Restoration of the Moving Images in the Museum of Etnography. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.150-151. Disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/textos/SOIMA-2015-Abstracts2.pdf. Acesso em: 12fev.2019.
2014 INFORMAÇÃO,
CONHECIMENTO,
MARXISMO,
ACESSO,
TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO
TAVARES, Rosilene H. Tecnologias da informação e comunicação: a lógica instrumental do acesso. In: MARQUES, Rodrigo M. et alii (Orgs.). A Informação e o conhecimento sob as lentes do marxismo. Rio de Janeiro: Garamond, 2014, p. 61-76.
2013 PRESERVAÇÃO DIGITAL TÉRMENS, Miquel. Preservación Digital. Barcelona: Editorial UOC (Colección El Profesional de la Información), 2013.
2011 POLÍTICA DE PRESERVAÇÃO, PRESERVAÇÃO DIGITAL, ARQUIVO THE NATIONAL ARCHIVES. Digital Preservation Policies: Guidance for archives. The National Archives of United Kingdon, 2011. Disponível em: http://www.nationalarchives.gov.uk/documents/information-management/digital-preservation-policies-guidance-draft-v4.2.pdf . Acesso em 29052017.
2006 MEMÓRIA, HISTÓRIA THOMSON, A.; FRISCH, M.; HAMILTON, P. Os debates sobre memória e história: alguns aspectos internacionais. In: FERREIRA, M.M.; AMADO, J. Usos e abusos da história oral. Rio de Janeiro: FGV, 2006, p. 65-91.
2013 ARQUIVOS MUNICIPAIS, PRESERVAÇÃO DIGITAL, INFORMAÇÃO DIGITAL, POLÍTICAS DE PRESERVAÇÃO TINOCO, Anita G.E. Políticas de preservação digital nos arquivos municipais portugueses. Cadernos BAD, v.1, n.2, 2012-2013. Disponível em: https://www.bad.pt/publicacoes/index.php/cadernos/article/view/1031/1047. Acesso em: 22jan.2019
2010 CONTROLE AMBIENTAL, PRESERVAÇÃO DOCUMENTAL, SUTENTABILIDADE TOLEDO. Franciza L. Controle ambiental e preservação de acervos documentais nos trópicos úmidos. Acervo: revista do Arquivo Nacional, v.23, n.2, jul./dez., 2010, p.71-76. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/article/view/27/27. Acesso em: 04fev.2019.
2007 REPOSITÓRIOS INSTITUCIONAIS, POLÍTICA DE INFORMAÇÃO TOMAÉL, Maria I.; SILVA, Terezinha E. Repositórios institucionais: diretrizes para políticas de informação. Anais..., VIII ENANCIB - Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, Salvador, 28-31/out., 2007. Disponível em: http://www.enancib.ppgci.ufba.br/artigos/GT5--142.pdf . Aceso em: 24jan.2019
2014 AUDIOVISUAL, MEMÓRIA, ARQUIVO, ARQUIVO ELETRÔNICO, PATRIMÔNIO CULTURAL, EPISTEMOLOGIA, DOCUMENTAÇÃO AUDIOVISUAL TRELEANI, Matteo. Mémoire audiovisuelles: les archives em ligne ont-elles um sens? Canadá: Press U.M., 2014.
2017 ARAMAZENAMENTO, PRESERVAÇÃO, OAIS, CRITÉRIOS DE ARMAZENAMENTO DE PRESERVAÇÃO TRUMAN, Gail. Preservation Storage Criteria, Version 2. May, 2017. Disponível em: https://osf.io/2epjx/ . Acesso em: 24jan.2019.
2015 ACERVOS DIGITAIS, GESTÃO DE ACERVOS DIGITAIS, PRESERVAÇÃO DIGITAL TSUZUKY, Fábio S.G.; VALENTIM, José O. A evolução dos sistemas de gestão de acervos digitais. Parte I. Revista da SET Portal, n.154, set., 2015. Disponível em: http://www.set.org.br/artigos/ed154/154_revistadaset_70.pdf. Acesso em: 30jan.2019.
2015 ACERVOS DIGITAIS, GESTÃO DE ACERVOS DIGITAIS, PRESERVAÇÃO DIGITAL TSUZUKY, Fábio S.G.; VALENTIM, José O. A evolução dos sistemas de gestão de acervos digitais. Parte II. Revista da SET Portal, out., 2015. Disponível em: http://www.set.org.br/revista-da-set/evolucao-dos-sistemas-de-gestao-de-acervos-digitais-2/. Acesso em: 30jan.2019.
2017 ARMAZENAMENTO DIGITAL, ARQUIVAMENTO DIGITAL, PRESERVAÇÃO DIGITAL TSUZUKY, Fábio S.G. Novos dispositivos para arquivamento digital. Revista da SET Portal, Ano XXVI, n.166, fev., 2017. Disponível em: http://www.set.org.br/news-revista-da-set/revista/novos-dispositivos-para-arquivamento-digital/. Acesso em: 30jan.2019.
2016 PRESERVAÇÃO DIGITAL, AUDIOVISUAL, ARQUIVO TSUZUKI, Fábio de Sales Guerra. Preservação digital de conteúdo audiovisual. In: SQUIRRA, S. (Org.). Cibertecs. Conceitos, interações, automações, futurações. São Luis, MA: LabCom Digital, p.88-106, 2016.
2014 POLÍTICA, AUDIOVISUAL, ARQUIVO, ACESSO, EDUCAÇÃO, FORMAÇÃO URNES, T. Audiovisual Archives: An Essay on the Policies of Acces to Audiovisual Archives for Academics, Teachers, Researchers, and Students. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 42, Jan.2014, p.80-88.
2013 MEMÓRIA, DIGITALIZAÇÃO, MEMÓRIA DO MIUNDO, PRESERVAÇÃO DIGITAL, PATRIMÔNIO DIGITAL VAN GARDEREN, Peter et alii. The Archivematica Project: Meeting Digital Continuity’s Technical Challenges. Proceedings of The Memory of the World in the Digital Age: Digitization and Preservation. An international conference on permanent access to digital documentary heritage. 26-28 Sep. 2012, Vancouver, British Columbia, Canada, edited by Luciana Duranti and Elizabeth Shaffer (UNESCO 2013). Disponível em: http://www.interpares.org/display_file.cfm?doc=ip3_canada_dissemination_cpr_van-garderen_et-al_unesco-mow_2013.pdf . Acesso em: 26jan.2019.
2015 INSTITUIÇÃO, INFORMAÇÃO, VALOR DA INFORMAÇÃO VAN MALSSEN, Kara. Breaking Down Silos: How Organizational Changes Can Help Unlock the Value of Information. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.23-24. Disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/textos/SOIMA-2015-Abstracts2.pdf. Acesso em: 12fev.2019.
2012 CURADORIA, PRESERVAÇÃO DIGITAL, VÍDEO DIGITAL, HISTÓRIA ORAL VAN MALSSEN, Kara. Digital vídeo preservation and Oral History (Preservação de vídeo digital e História Oral). Disponível em: http://ohda.matrix.msu.edu/2012/06/digital-video-preservation-and-oral-history/. Disponível em português, com tradução de Marco DREER, em: https://via78.com.br/preservacao-video-historia-oral/. Acesso em: 26jan.2019.
2017 PRESERVAÇÃO DIGITAL, AUDIOVISUAL, VÍDEO, HISTÓRIA ORAL VAN MALSSEN, Kara. Preservação de vídeo digital e história oral. Tradução de Marco Dreer Buarque. O texto está licenciado em Creative Commons CC BY-NC-ND 3.0: http://creativecommons.org/licenses/by‐nc‐nd/3.0/deed.pt. Originalmente publicado no portal “Oral History in the Digital Age”. Disponível em: http://ohda.matrix.msu.edu/2012/06/digital-video-preservation-and-oral-history/. Acesso em: 25set2017.
2014 PATRIMÔNIO AUDIOVISUAL EUROPEU VERBRUGGEN, E.; OOMEN, J.; MÜLLER, E. Bringing Europe’s Audiovisual Heritage Online: EUscreenXL. IASA Journal, International Association of Sound and Audiovisual Archives, n. 42, Jan.2014, p.54-60.
2013 AVALIAÇÃO, PATRIMÔNIO ARQUIVÍSTICO, DOCUMENTOS AUDIOVISUAIS, DOCUMENTOS ICONOGRÁFICOS, DOCUMENTOS SONOROS VIEIRA, Thiago O. O risco da patrimonialização: a (não) avaliação e seleção dos documentos audiovisuais, iconográficos e sonoros. PontodeAcesso, v.7, n.3, p.148-166, dez. 2013. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistaici/article/download/7965/6941 . Acesso em: 20jan.2019
1979 MARXISMO,
HISTÓRIA
VILLAR, Pierre. História marxista, história em construção. In: LE GOFF, J.; NORA, P. (Orgs). História: Novos problemas. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1979, p.146-178.
2017 MEMÓRIA,
PATRIMÔNIO,
HISTÓRIA,
HISTORIADOR
VILLELA, América B. Entre a memória e a história: o ofício do historiador. Trabalho apresentado a Seminário PUC- Campinas, 05 pg., 22mai.2017. Disponível em: http://www.campinas.sp.gov.br/arquivos/entre_memoria_historia.pdf . Acesso em: 30jul2017.
2014 RDC-ARQ, REPOSITÓRIO DIGITAL CONFIÁVEL, IRLANDA, REPOSITÓRIO NACIONAL WEBB, Sharon; O'CARROLL, Aileen. O processo de construção de um repositório digital nacional confiável: solucionando o problema das federações. Traduzido para o português por Miguel Rio Branco Nabuco de Gouvea. Revisão de Rubens Ribeiro Gonçalves da Silva e Marco Dreer Buarque. Original em inglês publicado em iPRES 2014 – Proceeedings of the 11th International Conference on Digital Preservation, Melbourne, 6-10 out., 2014, p.244-248. Tradução para o português disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/PDFs/o-processo-de-construcao-de-um-repositorio-digital-nacional-solucionando-o-problema-das-federacoes-v3.pdf. Acesso em: 12 set. 2018.
2014 RDC-ARQ, REPOSITÓRIO DIGITAL CONFIÁVEL, IRLANDA, REPOSITÓRIO NACIONAL WEBB, Sharon; O'CARROLL, Aileen. The process of building a national trusted digital repository: Solving the Federation Problem. iPRES 2014 – Proceeedings of the 11th International Conference on Digital Preservation, Melbourne, 6-10 out., 2014, p.244-248. Disponível em: http://www.ipres-conference.org/ipres14/sites/default/files/upload/iPres-Proceedings-final.pdf. Acesso em: 12 set. 2018.
2018 REPOSITÓRIOS DIGITAIS, SISTEMNAS INTEGRADOS DE PRESERVAÇÃO, SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO NACIONAL WEINRAUB et alii. Beyond the Repository:
Integrating Local Preservation Systems with
National Distribution Services
. IMLS. 2018. Disponível em: https://arch.library.northwestern.edu/downloads/gq67jr28h?locale=en . Acesso em: 20jan.2019
2015 ARQUIVOS, ACERVO DIGITAL, ARQUIVO COMUNITÁRIO, HISTÓRIA DIGITAL WILLIAMS, Amy. Participation, Collaboration, and Community building in digital repositories. Canadian Journal of Information and Library Science, v.39, n.3-4, Sep.-Dec., 2015, p.368-376. Parcialmente disponível em: https://muse.jhu.edu/article/598451/summary. Acesso em 30jan.2019.
2015 MEMÓRIA, ARMAZENAMENTO, VÍDEO, ARQUIVO, PATRIMÔNIO PÚBLICO, AUDIOVISUAL, ARQUIVO PRIVADO WINTER, Renée. Intertwining Spheres: Public Archiving of Private Home Video Collections. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.27-28. Disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/textos/SOIMA-2015-Abstracts2.pdf. Acesso em: 12fev.2019.
2017 MEMÓRIA, ARMAZENAMENTO, VÍDEO, ARQUIVO, PATRIMÔNIO PÚBLICO, AUDIOVISUAL, ARQUIVO PRIVADO WRIGHT, Richard. Preservation Guide. Prestospace, 2016. Disponível em: https://www.prestocentre.org/resources/preservation-guide. Acesso em: 25042017.
2012 PRESERVAÇÃO DIGITAL,
DOCUMENTO AUDIOVISUAL, DIGITALIZAÇÃO, CONSERVAÇÃO, ACESSO, ESTRATÉGIA, PLANEJAMENTO
WRIGHT, Richard. Preserving Moving Pictures and Sound. Digital Preservation Coalition – DPC Tchnology Watch Report 12-01 March 2012. Disponível em: https://www.dpconline.org/docs/technology-watch-reports/753-dpctw12-01-pdf/file . Acesso em: 21fev2018.
2015 ARQUIVO NACIONAL DE FILMES DA POLÔNIA, DIGITALIZAÇÃO, CATALOGAÇÃO, ARQUIVAMENTO WYSOCKA, Elzbieta. Case Study of the Digital Repository Project. In: ICCROM. Book of Abstracts. [Extended abstracts]. SOIMA 2015 International Conference. Unlocking Sound and Image Heritage., 3-4 Sep. 2015, Brussels, Belgium, 2015, p.84-86. Disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/textos/SOIMA-2015-Abstracts2.pdf. Acesso em: 12fev.2019.
1994 MARXISMO,
MÉTODO
YAMAMOTO, Oswaldo Hajime. Marx e o método. São Paulo: Ed. Moraes, 1994.
2016 MEMÓRIA YATES, Frances A. A Arte da Memória. Campinas: Ed. Unicamp, 2016, 498p.
2017 OAIS,
PRESERVAÇÃO DIGITAL DISTRIBUÍDA,
NORMAS TÉCNICAS,
AUDITORIA,
ANÁLISE,
COLABORAÇÃO
ZIERAU, E. OAIS and Distributed Digital Preservation in Practice: An exploration of Danish and other use cases that contributed to the development of the Outer OAIS – Inner OAIS Model for Distributed Digital preservation. Proceedings of the iPres 2017 – 14th International Conference on Digital Preservation / Kyoto, Japan / September 25 – 29, 2017. Disponível em: https://ipres2017.jp/wp-content/uploads/14Eld-Zierau.pdf . Acesso em 31out2017.
2017 PRESERVAÇÃO DIGITAL DISTRIBUÍDA, DINAMARCA, MODELO DE REFERÊNCIA OAIS, MODELO OO-IO DE PRESERVAÇÃO, PRESERVAÇÃO DE BITS, NORMAS E PADRÕES, AUDITORIA, COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL, REPOSITÓRIO DIGITAL ZIERAU, Eld. OAIS and Distributed Digital Preservation in Practice. An exploration of Danish and other use cases that contributed to the development of the Outer OAIS–Inner OAIS Model for Distributed Digital Preservation. iPRES 2017 – Proceedings of the 14th International Conference on Digital Preservation, Kyoto, Japan, September 25 – 29, 2017. Disponível em https://ipres2017.jp/wp-content/uploads/14Eld-Zierau.pdf. Acesso em: 12 set. 2018.
2017 PRESERVAÇÃO DIGITAL DISTRIBUÍDA, DINAMARCA, MODELO DE REFERÊNCIA OAIS, MODELO OO-IO DE PRESERVAÇÃO, PRESERVAÇÃO DE BITS, NORMAS E PADRÕES, AUDITORIA, COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL, REPOSITÓRIO DIGITAL ZIERAU, Eld. OAIS e a Preservação Digital Distribuída na Prática. Uma exploração de casos de uso, dinamarqueses e outros, que contribuíram para o desenvolvimento do Modelo OO-IO (OAIS Externo - OAIS Interno) para Preservação Digital Distribuída. Original em inglês publicado em iPRES 2017 – Proceedings of the 14th International Conference on Digital Preservation, Kyoto, Japão, 25-29 set., 2017. Original disponível em https://ipres2017.jp/wp-content/uploads/14Eld-Zierau.pdf . Acesso em: 13fev2018. Tradução para o português disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/posdoc/oais-e-a-preservacao-digital-distribuida-na-pratica.pdf. Acesso em 12 set. 2018.
2013 PRESERVAÇÃO DIGITAL DISTRIBUÍDA, DINAMARCA, MODELO DE REFERÊNCIA OAIS, MODELO OO-IO DE PRESERVAÇÃO, PRESERVAÇÃO DE BITS, NORMAS E PADRÕES, AUDITORIA, COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL, REPOSITÓRIO DIGITAL ZIERAU, E.; KEJSER, U.B. Cooperação interinstitucional num repositório de bits compartilhado. Traduzido para o português por Miguel Rio Branco Nabuco de Gouvea. Revisão de Rubens Ribeiro Gonçalves da Silva. Original em inglês publicado em World Digital Libraries: An International Journal, v.6, n.1, p. 25-36, Junho 2013. Tradução para o português disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/artigos/artigo-sobre-o-compartilhamento-de-repositorios-de-bits-em-cooperacao-internacional.pdf. Acesso em: 10 set. 2018.
2013 PRESERVAÇÃO DIGITAL DISTRIBUÍDA, DINAMARCA, MODELO DE REFERÊNCIA OAIS, MODELO OO-IO DE PRESERVAÇÃO, PRESERVAÇÃO DE BITS, NORMAS E PADRÕES, AUDITORIA, COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL, REPOSITÓRIO DIGITAL, ANÁLISE DE RISCO ZIERAU, E.; KEJSER, U.B. Cross-Institutional Cooperation on a Shared Bir-Repository. World Digital Libraries: An International Journal, v.6, n.1, p. 25-36, June, 2013. Disponível em: https://content.iospress.com/articles/world-digital-libraries-an-international-journal/wdl120098. Acesso em: 05 set. 2018.
2014 PRESERVAÇÃO DIGITAL DISTRIBUÍDA, DINAMARCA, MODELO DE REFERÊNCIA OAIS, MODELO OO-IO DE PRESERVAÇÃO, PRESERVAÇÃO DE BITS, NORMAS E PADRÕES, AUDITORIA, COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL, REPOSITÓRIO DIGITAL ZIERAU, Eld; McGOVERN, Nancy Y. O Uso do Modelo OAIS Externo-OAIS Interno (OO-IO) para suporte à Análise e Auditoria de OAIS’s Colaborativos. Original em inglês publicado em iPRES 2014 – Proceeedings of the 11th International Conference on Digital Preservation, Melbourne, October 6-10, 2014, p.209-218. Tradução para o português disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/artigos/artigo-sobre-o-uso-de-um-modelo-OO-IO-como-suporte-as-auditorias-e-analises-de-OAIS-colaborativos.pdf . Acesso em: 05 set. 2018.
2014 PRESERVAÇÃO DIGITAL DISTRIBUÍDA, DINAMARCA, MODELO DE REFERÊNCIA OAIS, MODELO OO-IO DE PRESERVAÇÃO, PRESERVAÇÃO DE BITS, NORMAS E PADRÕES, AUDITORIA, COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL, REPOSITÓRIO DIGITAL ZIERAU, Eld; McGOVERN, Nancy Y. Supporting the analisys and audit of collaborative OAIS's using an Outer OAIS-Inner OAIS (OO-IO) Model. iPRES 2014 – Proceeedings of the 11th International Conference on Digital Preservation, Melbourne, October 6-10, 2014, p.209-218. Disponível em: https://digitalbevaring.dk/wp-content/uploads/2014/12/Zierau_McGovern_Outer_Inter_OAIS.pdf . Acesso em 26jan.2019.
2013 PRESERVAÇÃO DIGITAL DISTRIBUÍDA, DINAMARCA, MODELO DE REFERÊNCIA OAIS, VOCABULÁRIO, TERMINOLOGIA, ENTIDADES FUNCIONAIS ZIERAU, E.; SCHULTZ, M. Creating a Framework for Applying OAIS to Distributed Digital Preservation. iPRES 2013 – Proceedings of the 10th International Conference on Preservation of Digital Objects, Lisboa, Portugal, 03-05 set., 2013, p.78-83. Disponível em: http://purl.pt/24107/1/iPres2013_PDF/iPres2013-Proceedings.pdf. Acesso em: 05 set. 2018.
2013 PRESERVAÇÃO DIGITAL DISTRIBUÍDA, DINAMARCA, MODELO DE REFERÊNCIA OAIS, VOCABULÁRIO, TERMINOLOGIA, ENTIDADES FUNCIONAIS ZIERAU, E.; SCHULTZ, M. Criando uma estrutura para aplicação do OAIS à preservação digital distribuída. Traduzido para o português por Miguel Rio Branco Nabuco de Gouvea. Revisão de Rubens Ribeiro Gonçalves da Silva. Original em inglês publicado em iPRES 2013 – Proceedings of the 10th International Conference on Preservation of Digital Objects, Lisboa, Portugal, 03-05 set., 2013, p.78-83. Tradução para o português disponível em: http://cridi.ici.ufba.br/institucional/arquivos/artigos/artigo-sobre-o-processo-de-criacao-de-uma-Estrutura-para-aplicacao-do-OAIS-a-preservacao-digital-distribuida.pdf . Acesso em 05 set. 2018.

Apoios:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq
Universidade Federal da Bahia - UFBA
Instituto de Ciência da Informação da UFBA
Fundo de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - FAPESB
PIBIC - UFBA
Editora da UFBA - EDUFBA
Superintendência de Tecnologia e Informação - UFBA
Associação Brasileira de Normas Técnicas
Rede Cariniana - IBICT
Yndexa.com
Dois Altos - Marketing e Eventos
VIA 78

Parcerias:

Arquivo Nacional
TV UFBA - UFBA
Lab.AV (Facom/UFBA)
Fundação Oswaldo Cruz
VídeoSaúde Distribuidora - FioCruz
Acervo de Documentação Histórica Musical

Parcerias em elaboração:

Laboratório de Estudos do Discurso, Imagem e Som
Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – IBICT
Câmara dos Deputados - Coordenação de Arquivo
Laboratório Universitário de Preservação Audiovisual - LUPA
Scroll Up